domingo, março 11, 2007

DESPERDÍCIO IRRESPONSÁVEL


A situação a que chegaram os museus e monumentos dependentes do Ministério da Cultura, de terem de fechar parcialmente por manifesta falta de pessoal, é apenas a parte mais visível duma política de recursos humanos completamente desajustada, com repercussões ao nível da imagem externa do país e consequências económicas graves.
Monumentos como os Jerónimos, Palácio da Pena e Palácio de Sintra geram receitas anuais (cada um deles), superiores a 1 milhão de euros, importâncias que são absolutamente indispensáveis para complementar os fracos recursos oriundos do orçamento de Estado para o funcionamento e manutenção dos museus e monumentos. O facto de não serem admitidos os vigilantes necessários para garantir a abertura, funcionamento e vigilância dos mesmos, está a pôr-se em causa a obtenção de receitas próprias do ministério, e a prejudicar todas as actividades ligadas ao turismo, muitas delas dependentes em grande parte do Património.
O desperdício não se fica apenas por aqui. Nos últimos anos, mais de uma dezena, têm sido realizados cursos de formação para vigilantes e para jardineiros, que entraram ao serviço com contratos a termo e que depois foram pura e simplesmente dispensados, por estarem congeladas as admissões. Centenas de pessoas a quem foi dada formação e ninguém ficou. Enquanto se deitou pela janela o dinheiro aplicado nestas formações, os vigilantes do quadro foram impedidos de receber formação por falta de verbas, o que é ainda mais espantoso.
Enquanto o governo vai prosseguindo a sua campanha, denegrindo a imagem dos funcionários públicos afirmando o rigor na despesa, a necessidade de redução de efectivos e a avaliação do desempenho, os museus e monumentos fecham por falta de vigilantes. Onde está o rigor orçamental e o excesso de pessoal? Não é aqui de certeza. E qual é a avaliação que José Sócrates faz da acção, ou inacção, dos ministros das Finanças e da Cultura responsáveis por esta situação?
Como sempre, ninguém é responsável por este desperdício e por esta vergonha!

*******
Fotos


*******

Cartoon

2 comentários:

Joca disse...

Que importam os museus e monumentos? Isso não dá votos a ninguém. Esbanjar dinheiro em formação, diz voc^, pergunte lá aos formadores se não lhes deu um grande jeitaço ... enquanto durou.
Um abraço

Anónimo disse...

Na Páscoa vai haver greve, ou não?