sábado, junho 30, 2007

LEVEZINHAS


««« - »»»

Escolha do dia


««« - »»»

Insectos?

Flue??? by LØK

Vu

sexta-feira, junho 29, 2007

EM POUCAS PALAVRAS


««« - »»»

Fotografia

The Spider by Pirol

StairsII by Photographer

««« - »»»

Humor

quinta-feira, junho 28, 2007

DE BORLA?


««« - »»»

Porque gostei

Joe "King" Berardo - LINK

««« - »»»

MECENATO?
Museu Berardo: ITP apoia acções de promoção no valor de 1 M€

O Instituto do Turismo de Portugal (ITP) decidiu apoiar a promoção do Museu Colecção Berardo, inaugurado hoje no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, disse à Lusa o seu presidente, Luís Patrão.
Este apoio far-se-á de duas formas - explicou Luís Patrão - quer integrando o novo Museu nas acções de promoção do ITP, quer reforçando a estratégia delineada pela própria instituição, hoje inaugurada.
«O Museu tem uma estratégia própria de promoção nacional e internacional que foi discutida connosco e que apoiamos financeiramente, e, por outro lado, iremos integra-lo nas nossas acções promocionais», disse Luís Patrão.
Para aquele responsável, o Museu Colecção Berardo «revela uma capacidade de atracção de turistas, envolvendo a Cidade de Lisboa».
Segundo Patrão, «há turistas que marcam já viagens a Lisboa para ver a colecção actualmente exposta», daí, o ITP ter sido também o patrocinador da mostra de inauguração do Museu, que qualificou de «importante rampa de lançamento».
«Para além dos coleccionadores e críticos de arte, há todo um público interessado em conhecer a Colecção que vem a Lisboa», sublinhou.
Citando o primeiro-ministro, Patrão afirmou que «doravante há uma Lisboa antes do Museu Colecção Berardo e uma Lisboa depois. A Arte Contemporânea já não termina em Madrid mas começa sim em Lisboa»...
Fonte Lusa

««« - »»»

Foto

Passaradas

quarta-feira, junho 27, 2007

A CULTURA E O PODER

O funcionamento e a gestão do Ministério da Cultura têm sido alvos de muitas críticas, não só pela paralisia resultante da falta de verbas, mas sobretudo pela ausência de visão e de uma verdadeira política cultural. A escolha desta ministra não foi um mero “erro de casting” como alguns sugerem, mas sim uma desgraça para a Cultura em Portugal.
Nenhuma instituição, pública ou privada, pode funcionar devidamente sem directivas e objectivos definidos, e esta é a situação no Ministério da Cultura. Planos de actividades não se podem delinear sem se saber os meios de que se pode dispor a prazo pelo menos de dois ou três anos, o mesmo se passa com intervenções de manutenção e restauro de bens imóveis, e isto são apenas dois exemplos do que falha rotundamente.
Não é por acaso que se fala em autonomias para a gestão de museus e monumentos ou da extinção do ministério e a substituição por uma secretaria de Estado, como ouvi ontem.
Todos pretendem ter soluções para a Cultura, desde as autarquias até aos privados, que há muito cobiçam, especialmente os monumentos mais visitados e que geram por si mesmos receitas que garantem a sua sustentabilidade. Não concordo com este tipo de raciocínio, porque o problema reside sobretudo no planeamento e na definição dos objectivos a prazo, com a dotação de meios razoáveis e seguros por espaços de tempo definidos à partida. Falo de responsabilização que é algo que só é imposto aos funcionários e nunca aos dirigentes dos serviços, que são escolhidos, maioritariamente, por confiança política, ficando logo à partida manietados quanto sua capacidade de exigir o que quer que seja, sob pena de serem ostracizados. Também pela mesma razão, a escolha política, não são penalizados por não cumprirem objectivos, que são assim vagos q.b., quase secretos como convém, e sempre passíveis de serem desculpabilizados com o recurso ao alijar de responsabilidades, para cima dos subordinados através do recurso a avaliações menos boas.

««« - »»»
Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado por causa das suas opiniões e o de procurar, receber ou difundir, sem consideração de fronteiras, informações ou ideias por qualquer meio de expressão.
( Art. 19o. da Declaração Universal dos Direitos do Homem - Dezembro de 1948 )
(Enviada pelo amigo Ludovicus)

««« - »»»

Porque a memória é curta

MEMÓRIAS - Escutas no processo Casa Pia
sicnoticias2003
http://videos.sapo.pt/aWCBzS2SIhahWzoftzgZ
(In Sulista)

««« - »»»

Escolha fotográfica

Hunger by =perilous-dreamer

««« - »»»

Cartoon
Cameron (Cam) Cardow

terça-feira, junho 26, 2007

A ISABELINHA NA INAUGURAÇÃO


««« - »»»

Fotografia Artística

Andr White

Stairs by Photographer

««« - »»»

Humor Arquivado

Homenagem aos que trabalham em arquivos

««« - »»»


segunda-feira, junho 25, 2007

AS MINHAS SETE MARAVILHAS


AS 7 MARAVILHAS DA BLOGOSFERA

O Guardião http://lusoinculto.blogspot.com/ escolhe como maravilhas:

Alcobaça: Ecos e Comentários – http://ecosecomentarios.blogspot.com/
We have Kaos in the garden - http://wehavekaosinthegarden.blogspot.com/
Sulista – http://sulista.blogspot.com/
O Blog da Nalga – http://oblogdanalga.blogspot.com/
Zé Povinho – http://pinderico.blogspot.com/
O Corcunda da Torre do Tombo – http://o-corcunda.blogspot.com/
Querubim Peregrino - http://wwwquerubimperegrino.blogspot.com/

Muitos outros ficam por nomear, mas só me deixam escolher sete.


««« - »»»

Hoje escolhi

Leiam o texto que acompanha o boneco LINK

««« - »»»

Cartoon Internacional

De partida by Peter Brookes

domingo, junho 24, 2007

O PALÁCIO NACIONAL DE SINTRA




Ao acedermos ao palácio, deparamo-nos com a fonte que encima a escadaria principal, alimentada por água de diversas minas situadas na Serra de Sintra, e que há séculos foi conduzida, por condutas e pequenos aquedutos, para alimentar depósitos e suprir as necessidades dos habitantes deste edifício. À esquerda, temos uma porta com moldura em mármore e bem decorada, que nos conduz à loja e à bilheteira do monumento. Apesar deste espaço ter sido transformado e adaptado para as ditas funções, se tivermos alguma atenção, ainda podemos reparar em alguns elementos em pedra (fig.3) que nos sugerem outras utilizações e outros tipos de compartimentação.
Fica uma menção para os artigos à disposição na loja, em especial para as réplicas de peças deste e de outros monumentos. Depois da aquisição dos bilhetes, que recordo são grátis aos domingos e feriados até às 14 horas, sai-se para o átrio sob as arcadas, onde podemos desfrutar duma vista privilegiada sobre a serra encimada pelo Castelo dos Mouros.
Entra-se para o palácio subindo uma escada (fig.4) que nos conduz a um pequeno hall de entrada, ao fundo do qual nos aguarda outra escada, esta renascentista e em caracol (fig.5), que é uma beleza.

(Continua em breve)




sábado, junho 23, 2007

FUNCIONÁRIOS OU INIMIGOS PÚBLICOS?

FRASE E COMENTÁRIO - escolha da semana
*
«O Governo quer assim cruzar dados tão díspares como a nacionalidade, residência e estado civil dos funcionários, os benefícios sociais a que têm direito, os rendimentos declarados, o património que possuem ou a situação escolar dos seus filhos. Para que tal seja possível, as bases de dados que poderão ser consultadas vão desde os registos da Caixa Geral de Aposentações (CGA), aos da ADSE ou do fisco. Tudo para atingir três objectivos: "controlo do cumprimento das obrigações contributivas; atribuição rigorosa das prestações sociais; prevenção e combate à fraude e evasão contributiva", lê-se no anteprojecto de diploma.» [Público]
*
A propósito da frase acima citada, do jornal O Público, leia o artigo “A little URSS da Função Pública” publicado ontem no blog O Jumento.

««« - »»»
Foto
Тамара Бортникова
««« - »»»

Humor

sexta-feira, junho 22, 2007

ACTUALIDADE EM IMAGENS


««« - »»»

Fotografias

photograph

Binchen

««« - »»»

Cartoon - Na Moda
Removed as required by Sadurski

quinta-feira, junho 21, 2007

EPITÁFIOS


««« - »»»

Magnífico Photoshop

Princess Fionaobi By robayer

««« - »»»

Humor Negro
ARMANDO SALAS Martinez

««« - »»»

Uma proposta

quarta-feira, junho 20, 2007

NUTRIÇÃO E OBESIDADE

Este é um dos assuntos que tem merecido atenção de toda a comunicação social e que já foi abordado pela Comissão Europeia, pelos problemas que acarreta a nível da saúde.
Não o vou abordar aqui, hoje, mas recomendo-vos a leitura dum texto bem interessante sobre este tema com o seguinte título:
ABAIXO O HAMBURGUER E O DETERGENTE PARA LAVAR MOTORES
In O CORCUNDA DA TORRE DO TOMBO.
««« - »»»
Fotografia
Copo cheio de beleza by Romanenko Nickolay

««« - »»»

Cartoon Alimentar
Horsey

Margulies

terça-feira, junho 19, 2007

SALÁRIOS MÍNIMOS

Os dados do Eurostat que nos colocam em 11º lugar entre os vinte países da União Europeia que têm instituído o ordenado mínimo, nem alegra nem surpreende quem está habituado a ver como se chegam a estes resultados. O Eurostat trabalha com números e estatísticas fornecidos em grande parte pelos países membros, cruzando e combinando essas informações, procurando de um modo científico comparar níveis de desenvolvimento, de riqueza, de inflação, e outros referentes aos países objecto destes estudos.
A intenção é certamente boa, o método é com toda a certeza fiável, e o que pode falhar é tão só o ponto de partida, que são os dados fornecidos pelos respectivos países. É aqui que reside o maior problema destes relatórios divulgados com alguma regularidade. Todos sabemos que os países membros estão obrigados pelos tratados firmados no âmbito da União a obterem resultados económicos dentro de certos parâmetros o que tem originado que alguns tenham escondido ou omitido dados menos favoráveis que podiam originar avisos e reprimendas da União Europeia. Portugal não é o único mau exemplo conhecido nesta matéria.
À luz deste relatório fica por explicar pelo menos um dado referente à percentagem dos portugueses que auferem o ordenado mínimo, 4,7 %, que é manifestamente abaixo do que todos nós percepcionamos sem qualquer margem para dúvidas. Outras comparações como o poder de compra standard (PCS), também conduzem a raciocínios, interessantes como o de que o custo de vida em Portugal é mais baixo do que em Espanha, o que também não é verdadeiro quando fazemos uma comparação simples além fronteiras.Enfim, é sempre necessário olhar para estes estudos com muita atenção e não os levar muito a sério, porque não os podemos dissociar das realidades que nós próprios podemos verificar ao nosso redor.

««« - »»»
Descubra a frase

««« - »»»

Cartoon

Frederick Deligne

««« - »»»

Fotografia

Masked Butterflyfish by LarsG

domingo, junho 17, 2007

PORQUE HOJE É DOMINGO

PORQUE NÃO CAIU NO ESQUECIMENTO

In Cartoonices

««« - »»»

AS MINHAS ESCOLHAS DA SEMANA

Alteração ao Código do Trabalho
Um Código do Trabalho à medida de patrões gulosos...

Veja em Adrianeites

«««-»»»

Imagem

Portugal Profundo in We Have Kaos in the Garden

sábado, junho 16, 2007

DENÚNCIA

O ataque a quem emite opinião e se torna incómodo na blogosfera, está em marcha. A indignação com que recebi esta notícia faz com que aqui deixe um link para o blog em causa, onde a notícia está em constante actualização.
Expresso desde já a minha solidariedade ao António Balbino Caldeira, e convido os meus amigos a fazerem o mesmo, já que este é mais um atentado à liberdade de expressão.
***

Arguido por causa... do Dossier Sócrates

sexta-feira, junho 15, 2007

CULTURA A DUAS VELOCIDADES

Para as bandas da Cultura parece que as coisas andam a duas velocidades, denotando hesitações e algum atabalhoamento. Soube-se já há uns dias que o Convento de Cristo em Tomar ía ficar sem director, logo a seguir soube-se que a directora do Panteão Nacional iria ocupar o seu lugar, ainda que não tenha sido aberto nenhum concurso e que para o Panteão seguiria a directora dos serviços comerciais do IPPAR. Estas mudanças não são normais na situação actual, em que a aplicação das novas leis orgânicas ainda não foi completada, nem teve qualquer explicação oficial.
A pressa nas substituições mencionadas, contrasta com a demora na admissão de vigilantes-recepcionistas, com a definição quanto às tutelas de alguns serviços e com a regularização de concursos já efectuados cujos candidatos apesar de terem sido notados ainda não ingressaram no novo nível da respectiva categoria por falta de verbas inscritas nos orçamentos, isto há já vai há três anos.
Também existem alguns pagamentos em atraso de trabalho extraordinário referentes a horas e a trabalho em feriados, segundo informações recebidas recentemente, desde Janeiro deste ano.
Parece que primeiro se está a tratar de colocar em boa posição algumas pessoas, e o critério das escolhas (porque é disso que se trata), é discutível pois o que seria normal e correcto era abertura de concursos, deixando para depois, sabe-se lá para quando, aquilo que é a gestão corrente e satisfação dos compromissos assumidos.
Se alguém souber, diga-me onde pára a ministra!

««« - »»»
Fotos ... de peixes
Дарья Шишкина

alex-fomin

««« - »»»

Humor antes da OPA

Bogdanov Victor - VI Porto Cartoon