sábado, outubro 13, 2007

APELO

Camaradas, Compañeros e Amigos…

Estou desempregado desde Fevereiro de 2007

A situação agudiza-se… Não consigo comportar os pagamentos da CaboVisão.

Vou desligar…
Até Sempre!

Tenho pena que o sonho termine num governo ‘Socialista’
Obrigado por tudo…
*

A Grande Bandeira Eleitoral deste Governo actual, foi o Desemprego! Agora?
(Nem nisso falam… )
Estou a ser explorado, e nem o subsídio de refeição me pagam…a horas.. sem resposta!
Licenciado e Pós-Graduado, podendo contribuir para o país… Sabendo mais de informática de que muitos ‘Boys’…
Vejo-me assim neste precária situação…
Se me quiserem ajudar… Escrevam-me - lr@inbox.com, ou telm. 965698982…
Preciso de ajuda, preciso mesmo…estou a bater fundo! URGENTE
Desculpem o desabafo!
Qual Desabafo? Só procuro o que é justo…
(Se ficar sem net desligo este blog. Faço-o no servidor da Universidade ou na BPE )
««« - »»»
Recebi este apelo do autor do blog Momentos & Documentos, o Ludovicus que tem sido um dos espaços que tenho visitado regularmente e cujo autor respeito pela constância das ideias que defende, e pela criatividade com que escreve, colaborando noutros espaços, sempre fiel ao seu rumo.
Nestas ocasiões, invade-me sempre o sentimento de revolta por saber que há tanto para fazer neste País, e nomeadamente no campo cultural, que é inadmissível que o trabalho temporário continue a ser a norma, originando estas situações com regularidade.
Só me ocorre desejar que surjam melhores dias e novas oportunidades.
Força amigo.

6 comentários:

Joca disse...

Sei o que é estar desempregado e sei o que é estar anos a fio a saltitar de trabalho para trabalho sem esperança de ficar em algum deles. Sei a raiva que senti inumeras vezes, mas não posso viver da raiva.
Continuo a lutar por trabalho com alguma segurança e não sei se encontrarei, mas não desisto. Pelos meus filhos, a mulher e a família que me vão apoiando.
Coragem, é só o que digo em relação ao Ludovicus.
Tenho quase a certeza que este foi o primeiro comentário sério que fiz por estes lados.

Jorge Borges disse...

Lamentável. Este governo anti-social tem transformado as pessoas em números, ignorando as realidades sociais e, sobretudo humanas. Enquanto o ministro da (dita) Solidariedade Social afirma que o emprego diminui em Portugal, o Eurostat afirma que aumenta.
Pelo meu lado, não tenho dúvida em quem acreditar.
Um abraço

João Rato disse...

E não há ninguém que parta os cornos a estes cabrões?
Este grito, dum homem que não conheço, ecoa nos mesmos ouvidos mesmo antes de ter sido dado. MAIS UM DESEMPREGADO, uma unidade insignificante nos números e contra-números que eles maneiam.
Na boca deles, o desemprego está sempre a diminuir. Ninguém do circulo de sócrates está desempregado.

MARIA disse...

Caro Guardião:
Estou sinceramente impressionada.
Todos avaliamos e experimentamos dificuldades neste momento tão difícil que se está a viver em Portugal.
Mas quando uma pessoa chega ao ponto de fazer um apelo destes...
Antes de mais, quero dizer-lhe que deve orgulhar-se pela capacidade de não se render sem luta . Aí também entra o apoio possível de todos nós.
Tendo em conta o que se conhece deste Senhor, o que seria possível fazer junto da entidade patronal ou outra , ou por que outras formas poderíamos auxiliar.
Alternativas na área da informática ou outra da sua competência : não haverá pessoa singular ou colectiva idónea a precisar de alguém que agarra a vida com esta garra ?
Penso que se o Senhor o consentir deveríamos divulgar o mais possível em todos os blogs o seu apelo.
Já agora, dizem que a namorada de Sócrates tem um blog. Mas ou muito me engano ou ele não lhe dará grandes ouvidos. Por isso, porque via se levaria ao seu conhecimento esta situação ?
De facto as políticas deste Governo mostram os seus efeitos na vida de cada um de nós.
Vivemos com cada vez menos qualidade de vida e precaridade. Os sintomas aparentes de tentar calar a insatisfação sentida parecem evidentes.
As contas terão necessariamente de acertar-te em 2009. Até lá, parece que só nos teremos uns aos outros...
Um beijinho (peço desculpa Guardião, perdi totalmente a capacidade de síntese. A indignação é grande.)

J.G. disse...

Assiste-se em cada dia a mais e mais situações inacreditáveis no que diz respeito ao desaproveitamento da "matéria humana" como se o homem fosse apenas matéria inerte e imprestável, desprovida de sentires e de vida própria.

Revoltante!

Um abraço solidário com a pessoa em questão.

Ludovicus Rex disse...

Obrigado Amigo.