terça-feira, maio 22, 2007

NÃO GOZEM COM O CHEFE

Começou pelo Ministério da Educação e ameaça espalhar-se por todo o lado, o espírito de bufaria e a repressão arbitrária, sobre quem emite opiniões ou comentários considerados inconvenientes.
Um comentário jocoso sobre a licenciatura do primeiro-ministro feito na presença dum colega já originou uma suspensão e a abertura dum processo disciplinar. A dúvida que paira na cabeça de muitos portugueses, sobre a tal licenciatura, afinal pode ser considerada “um insulto” ou uma situação “extremamente grave e inaceitável”? Será que quem vier a manifestar tais dúvidas ou contar uma anedota sobre o caso pode vir a ser punido?
A liberdade de expressão pode estar em causa se esta situação não for aclarada e a atitude da DREN não for condenada. Não é só a liberdade de expressão que está em causa, temos também o direito de defesa que não foi respeitado e uma decisão persecutória e opressora sem fundamentação legal.
Para mim, fiquei ainda com mais dúvidas ainda sobre a licenciatura de José Sócrates, e fiquei com a certeza de que a partidarização da função pública, bem como o incentivo à delação, vão acabar por descambar num clima de intimidação que pode ser explosivo.

««« - »»»
Cartoon's aprovados pela censura

By Ferreira dos Santos

««« - »»»

Fotografia

By nordre

6 comentários:

Odysseus disse...

Bom por este andar temos o pessoal do gato fedorento a cumprir mais anos de cadeia, que os pedófilos da Calheta e da Casa Pia. :/

Cumps!

Ludovicus Rex disse...

A ditadura Democrática está aí...
Boas fotos.

Um abraço

AnarKa disse...

Como alguém já aflorou por aqui, é mais grave ser acusado de insulto ao Socas do que ser acusado de pedofilia. É um estranho governo socialista, este!
Fulo

Zé Povinho disse...

Há diplomas manhosos por aí, mas a intolerância é um problema maior. Vai-te a eles, que eu também faço uma perninha.
Abraço

brit com disse...

Este blog foi nomeado por jpg para o prémio "Blog com Tomates". Para mais informações visite http://blogcomtomates.blogspot.com

o guardião disse...

Esta da distinção dos tomates é que me apanhou desprevenido.
Agradeço a quem me nomeou, naturalmente, mas agora tenho que pensar a quem vou passar a distinção, o que é um problema.