quinta-feira, fevereiro 09, 2012

EUROPA – DECADÊNCIA SOCIAL

A Europa social que se foi construindo depois da II Guerra Mundial, que era vista pelo mundo como um projecto a seguir pelo resto do mundo, está a desmoronar-se devido aos maus políticos que nos últimos anos a têm dirigido.

A especulação em crescendo e o desvio do capital para operações não produtivas, juntamente com a deslocalização de boa parte da produção para o oriente, acabaram por tornar as economias menos competitivas e aumentaram a dependência à produção exterior.

Os países com economias mais frágeis e mais dependentes do que vem do exterior ficaram em má situação, e a Europa que se dizia solidária, acabou por obrigar esses países a aumentar o desemprego e a diminuir os salários, a troco do empréstimo de dinheiro, a que convencionaram chamar de “ajuda”.

Por cá o panorama é deprimente, bastando para tal existir um ministro das Finanças que diz que o cumprimento das metas orçamentais é o mais importante, que é o objectivo mais importante, e a maior prioridade do governo.

Políticos desta natureza, e para quem as pessoas têm tão pouca importância, não prestigiam a política, e não merecem o respeito dos seus concidadãos.

««« - »»»
Foto - Flor Branca

««« - »»»
Humor - O Poder e o Povo

4 comentários:

C Valente disse...

Esta Europa é uma fraude, pois só funciona a dois, França e Alemanha, uma tristeza.
Saudações amigas

Anónimo disse...

Uma Europa onde as pessoas não estão em 1º lugar não é a Europa em que eu gostaria de estar.
Bjos da Sílvia

Metalurgia das letras disse...

“O velho continente” anda com os horizontes cinza. Deixando-nos a meditar sobre as circusntãncias que regem as esperanças de um povo. Mas a “flor branca” ainda nos remete a paz que é a maior de todas as conquistas.

Daniel Santos disse...

tecnocratas frios sem noção da realidade são os que nos governam e mal.