domingo, maio 26, 2019

A MINHA REFLEXÃO


Hoje os portugueses votaram para as europeias e as projecções indicam que o papão da extrema-direita não se confirmou nesta votação, como muitos temiam.

O que acontece em Portugal não é exactamente o mesmo que se passa no resto da Europa, e o que foram os resultados nas europeias não se podem projectar para as legislativas nacionais.

Os foguetes que se lançam agora podem rebentar nas mãos de quem hoje fica por cima e depois pode ficar a perder.

Quando os eleitores votarem tendo em conta o dinheiro que têm nos seus bolsos, os que agora cantam victória, se calhar não recolhem tantos votos, e os populistas que cavalgam o descontentamento, recolhem votos dum povo descontente e pouco informado.



1 comentário:

Elvira Carvalho disse...

Irrita-me solenemente a abstenção. Tanto que os nossos antepassados lutaram, alguns até ao extremo de perderem a vida para que tivéssemos eleições livres, e para quê, se atualmente mais de metade da população se está barimbando para esse direito?
Abraço e uma boa semana