quarta-feira, dezembro 21, 2011

FALAR DE BARRIGA CHEIA

Depois de um secretário de Estado, e do primeiro-ministro, eis que vem um deputado ao Parlamento Europeu, de peso e com peso no PSD, exaltar a solução da emigração para quem não encontra trabalho em Portugal.

Aquilo que podia ter sido um mero lapso comunicacional, afinal é uma ideia arreigada neste partido instalado no poder, o que dá um sinal muito negativo deste tipo de governação.

Já se sabia que o ministério da Economia tem sido inoperante, mas faltava ainda ouvir da boca de governantes que não existe qualquer estratégia de crescimento para o país.

Quanto a Paulo Rangel, para quem este tipo de declarações não são “motivo para escândalo”, convém recordar que é um emigrante privilegiado que pouco ou nada sabe das dificuldades ligadas ao desemprego e à emigração forçada. Apetece dizer que para o seu lugar, senhor deputado há mais de 700 mil candidatos.

««« - »»»
Foto - Vermelha

««« - »»»
Humor e Ideias

4 comentários:

José Gonçalves Cravinho disse...

Filho e neto de emigrantes,aqui deixo o meu comentário.
A Pátria-Mãe p'ra mim madrasta/
empurrou-me p'rà emigração/
e maldita seja a Governação/
que Portugal p'rà miséria arrasta.

Anónimo disse...

Esse farsola está gordo que nem um nabo à custa dos portugueses que agora quer ver fora de Portugal. Malditos Vasconcelos...
Lol

AnarKa

Mar Arável disse...

Tudo pelo melhor

neste Inverno descontente

o escriba disse...

Venho deixar os meus votos de Feliz Natal e Bom Ano novo, com saúde.

Tudo de bom
Um abraço
Esperança