quinta-feira, julho 19, 2007

FÉRIAS

Depois de ter terminado de resolver alguns assuntos pendentes, eis que estou livre para partir de férias para o interior do País, onde espero ficar uns dias a carregar as baterias para voltar a enfrentar o trabalho. Espero não me cruzar com as novas tecnologias, pelo que é provável que não bote nada aqui no bloguito, o que já se tornou um agradável vício.
Para todos desejo o que há de melhor e, até Agosto, se tiverem paciência para me visitar.

O Guardião



««« - »»»

Fotos com sabor a férias

Oleg Origin


madsmaurstad

««« - »»»

Actualidade e Humor

Mike Keefe

Jimmy Margulies

quarta-feira, julho 18, 2007

HOJE FALAM AS FOTOS


««« - »»»
UM PAÍS SEM SUSPEITAS
Na semana passada veio a lume o assunto das escutas a Paulo Portas sobre a compra dos submarinos em 2004, logo desmentidas pelo próprio, afirmando que não há escutas suspeitas no caso dos submarinos. Ficámos todos a saber que o concurso correu dentro das normas e que tudo não passou da tentativa de abater o presidente do CDS.
Vamos portanto ter submarinos, como todos os outros países ricos, como nós, e as contrapartidas vão ser enormes e todos vamos ficar mais contentes, até porque o custo parece que é “uma pequena ninharia”.
Ontem veio a lume que o concurso para a compra de dois aviões de combate aos fogos vai ser aberto a muito curto prazo. Não se está a falar aeronaves ligeiras, mas sim de meios pesados e com bastante capacidade, embora à partida não se saiba quais são os aviões que vão ser adquiridos. Uma das possíveis aquisições é o majestoso Beriev, igual aos dois que este ano foram alugados por ajuste directo, pela módica quantia de 2,5 milhões de euros, acrescidos de 9300 por cada hora de voo. Os nossos governantes, actuais e passados, pensam em grande e em termos de futuro, pelo que devemos erguer hossanas pela sua clarividência.


Ilya Morozov

««« - »»»


O REGOZIJO LISBOETA
Chegam-nos notícias que devem estar a encher os lisboetas de contentamento. Já se sabia que Júdice ía gerir a frente ribeirinha de Lisboa, o que sendo feito por uma advogado, deixa todos descansados quanto à competência técnica e processual.
Agora também foi tornado público o desejo de Manuel Salgado de desenhar Lisboa toda. Nada que nos espante, pois pelo que dizem, depois do Marquês de Pombal e do terramoto raras foram as intervenções feitas com estilo em Lisboa. Agora vamos passar a ter uma capital verdadeiramente europeia, moderna e bem concebida por quem sabe destas coisas.
O que nos entristeceu bastante nestas duas notícias, foi o facto de ambos se poderem vir a reformar após a tarefa hercúlea a que se vão remeter proximamente.


Saint Basils Tower! by blueorb

terça-feira, julho 17, 2007

NOTÍCIAS DE ONTEM

Eleições em Lisboa – 21.00 horas – Centenas de populares, oriundos das mais diversas partes do País, desembarcaram no hotel. Vêm de autocarro, com origem em paragens tão remotas como Alandroal, Cabeceiras de Bastos, Mangualde e Reguengos de Monsaraz. A confusão é tanta que vários deles ficam presos na porta giratória do hotel, suscitando a perplexidade dos turistas ali presentes.
In DN

Aborto: objecção de consciência – “Em causa está a necessidade de impedir que médicos que invocam o estatuto de objectores de consciência para não realizarem abortos nos hospitais públicos – nos termos da lei em vigor – os pratiquem no privado”.
Bastonário da OM

Porque vou de férias daqui a dois dias - duas prendas


««« - »»»

Fotografia doce

iskald
««« - »»»

Humor Literário

Tab (Thomas Boldt)

segunda-feira, julho 16, 2007

CURTINHAS


Ministros da Cultura da Europa em Lisboa – O anúncio da ministra da Cultura na passada sexta-feira de que se vai reunir em Setembro em Portugal, o Foro Cultural dos Ministros da Cultura da Europa, não acrescenta nada ao que sabia, já que Portugal exerce a presidência neste semestre. O que retive das notícias sobre as suas declarações foram essencialmente duas frases, «descentralizar não se faz descentralizando gabinetes, faz-se no terreno, com políticas que criem novos pólos culturais», e «que Portugal tem de apostar num turismo que não se esgote no sol e na praia mas que se centre também na cultura».
É pena que as declarações da senhora ministra sejam apenas as óbvias e que só a ouçamos, ou que só se consiga fazer ouvir, por ocasião de inaugurações. Outro reparo que não pode deixar de ser feito é que este governo não tem apoiado nem tem divulgado suficientemente, cá dentro e lá fora, a Cultura e o Património deste país.

Eleições em Lisboa – Estas eleições municipais saldaram-se por uma abstenção perto dos 2/3 dos eleitores, a mais alta de sempre, pela eleição de três candidatos independentes e pela não eleição do candidato dum partido com representação parlamentar. Estes factos podem ter várias leituras, consoante as simpatias de cada um, mas revelam sem margem para dúvidas, o desencanto dos portugueses em relação aos partidos e aos seus candidatos. O pormenor mais curioso da noite eleitoral foi a constatação de inúmeros “excursionistas” de diversos pontos do país, que vieram a Lisboa, segundo uma reportagem da SIC, sem saber muito bem a que propósito com viagem paga pelo partido vencedor desta eleição.


««« - »»»

Em destaque

Pela Liberdade de Expressão! - In Sulista

««« - »»»

Fotografias de flores

Ktuec

gny

««« - »»»

Cartoon

Amjad Rasmi

domingo, julho 15, 2007

A REAL COZINHA


««« - »»»
A COZINHA DO PALÁCIO NACIONAL DE SINTRA


A cozinha de qualquer habitação é um espelho da utilização que os proprietários lhe dão, ao seu estilo de vida e ao número de pessoas que lá desfrutam dos prazeres da mesa.
Quase todos conhecemos cozinhas de mosteiro e de conventos, mas são poucos os palácios em todo o mundo que disponibilizam uma visita às suas cozinhas, com a excepção dos construídos depois do século XIX.
Hoje pretendemos divulgar algumas imagens da cozinha do Palácio Nacional de Sintra, encimadas pelas duas chaminés cónicas que intrigam muitos dos que apreciam o edifício pelo seu exterior. É precisamente sob essas chaminés com mais de trinta metros de altura que se encontra uma magnífica cozinha, onde se preparavam refeições para os reis e parte da sua corte, que os acompanhava nas suas estadias neste local. O espaço é grande, enorme mesmo, mas adequado ao número de pessoas que por lá se reuniam. O seu aspecto actual reflecte alterações dos séculos XVIII e XIX, mas mantém ao mesmo tempo os vestígios de utilizações muito anteriores, por exemplo os espetos, as arcas salgadeiras, os ganchos de pendurar carne, a estufa em ferro e os dois fornos.
Esta magnífica cozinha é apenas uma das diversas salas que se podem visitar, gratuitamente aos domingos até às 14 horas, no Palácio Nacional de Sintra. Não têm desculpas para continuarem a dizer que as entradas são caras, ou que não conhecem este monumento porque nem sequer imaginavam que tivesse algum interesse.


Texto e imagens do Palaciano


««« - »»»

Fotografia

Recebida por mail

««« - »»»

Humor Alimentar

Steve Nease

Julius Hansen

sábado, julho 14, 2007

TERMINOU O ASSÉDIO

Os Corvos de Lisboa
««« - »»»

Fotos - A Bela e o Monstro

The Flag by dunk4ever

jungelmannen by Erik Seth

««« - »»»

Humor com cheiro a férias

sexta-feira, julho 13, 2007

CONVERSA DE OTÁRIOS


««« - »»»

Humor escolhido

Abu Ghraib à portuguesa... by Miguel Múrias Mauritti In Médico de Família

««« - »»»

Fotos de jóias

Adereços by Ф. Фредерик


nothing personal by акула

quinta-feira, julho 12, 2007

PORQUE AINDA É NOTÍCIA


««« - »»»

Publicidade Grátis

Agricultura no feminino by Hanne Kristin Pedersen

««« - »»»

Humor Internacional

Aleksei Kivokoyrtsev

quarta-feira, julho 11, 2007

A PRECISAR DE FÉRIAS


««« - »»»

Fotos floridas

Любитель

Paulsen

««« - »»»

Humor Nacional

terça-feira, julho 10, 2007

CURTINHAS

O preço e as maravilhas nacionais – As entrevistas de rua são curiosas e dão-nos retratos ou mesmo caricaturas interessante. Quando são portugueses os inquiridos temos respostas que vão desde os preços muito caros para visitar o Mosteiro dos Jerónimos (4,50€) até à falta de visitas guiadas já que se paga tanto. Os estrangeiros quase nem falam nos preços, pelo menos os europeus, tecem elogios ao nosso Património e as críticas vão apenas para aspectos ligados à (falta de) conservação que é patente. Claro que o nível de vida dos portugueses é inferior, mas não explica tudo, pois o nosso nível de exigência não se dirige à qualidade mas essencialmente à quantidade. Note-se que as perguntas foram feitas numa manhã de domingo, em que as entradas eram grátis até às 14 horas, facto nunca referido pelos abordados. Também houve algumas imprecisões, como os preços para o Palácio da Pena, 8.00€ e não 4.50€, sem gratuitidades ao domingo de manhã (excepto para os residentes para o Parque) e outra quanto ao Museu Berardo que é grátis porque só este ano foram ou vão para lá 4.000.000€ do erário público.

Portela + 1 excluída por Sócrates – Quando se levanta a polémica sobre afirmações de Marques Mendes sobre interesses imobiliários nos terrenos da Portela, eis que vem José Sócrates afirmar que da hipótese da Portela + 1 está afastada. Não sou engenheiro para discutir o assunto, mas o inconveniente que conheço é o do ruído aliado à perigosidade de estar implantado dentro duma cidade. Este inconveniente é comum à grande maioria das cidades em todo o mundo e a solução adoptada por essas cidades quando viram os seus aeroportos à beira de ficarem esgotados, foi exactamente a de o complementarem com outro aeroporto mais afastado do centro da cidade. Isto foi o que aconteceu na generalidade das grandes cidades. Não serve para José Sócrates e por isso nem será ponderada, porque será? Os portugueses não entendem certamente, principalmente porque parece que até é a solução com menores custos.

««« -»»»
Folheto Informativo - Sintra
Capa
Preçário

««« - »»»

Foto - Réptil

candymen

««« - »»»

Humor

ARMANDO SALAS Martinez

segunda-feira, julho 09, 2007

AINDA CÁ ESTOU

Imagem dedicada a uma visitante
««« - »»»

Uma das Maravilhas

Petra - El Khazneh - A Câmara do Tesouro

««« - »»»

Foto Manipulada

never never land by anikout

««« - »»»

Humor

John Trever

domingo, julho 08, 2007

SIGILO NA CULTURA

O Guardião sabe que o Palácio Nacional da Pena, que segundo a nova lei orgânica do IMC IP, deveria ficar sob sua tutela, vai passar a ficar sob comando dos Parques de Sintra – Monte da Lua, a tal sociedade anónima que está a colocar sob sua alçada todos os monumentos classificados da zona histórica de Sintra. O assunto já foi aqui abordado outras vezes, mas agora já é um dado adquirido, embora as notícias e a natureza desta entrega ainda não tenha sido comunicada oficial e publicamente.
É um caso bizarro e muito estranho, que apesar de existir uma nova lei orgânica que diz que a tutela deste palácio é o IMC, aprovada por este governo e em vigor há muito pouco tempo, se saiba que afinal não é bem assim, pois de facto os PS ML é que efectivamente vão tomar conta deste monumento sem que se tenha conhecimento público da decisão e das condições em que esta cedência foi feita.
Oficiosamente O Guardião tentou contactar pessoas ligadas a esta área e todas confirmam a notícia, embora não saibam dar mais detalhes. Também ficou confirmado que o pessoal do próprio palácio, funcionários afectos ao Ministério da Cultura já foram contactados pela dita sociedade, mas também não foi possível obter qualquer outro comentário, porque o assunto ainda está em processo de decisão, mas é patente algum nervosismo e preocupação apesar do silêncio a que se remeteram os funcionários.
Um Palácio Nacional entregue assim sem mais, é um acto sem precedentes. Os contribuintes deste país têm o direito de saber tudo sobre este assunto – razões, objectivos e responsabilidades – porque a manutenção do Palácio da Pena tem sido paga com a contribuição dos impostos de todos.

««« - »»»
Escolhas fotográficas
Фомичев Артем

Xenia

««« - »»»

Humor Nacional
Beber e conduzir