segunda-feira, dezembro 06, 2010

CIDADÃOS REVOLTADOS

A reacção dos governos à crise, que teve origem na sua ineficácia, não só no modo como desenharam as políticas económicas, mas também como deixaram os mercados desregulados, tem sido a de ir buscar dinheiro aos contribuintes para cobrir as asneiras da banca e as suas próprias asneiras.

Apesar dos problemas todos que as economias ocidentais enfrentam, temos apenas um homem condenado e preso por más práticas no mercado, Madoff, e uns quantos indiciados que se pavoneiam por aí impunemente. Político que tenha reconhecido a sua incompetência, nem um, e demitidos por essa razão, também não me consta que tenha acontecido.

Perante esta falta de responsabilidade e de vergonha, e por causa de tudo se ter tentado resolver com cortes nos salários, mais desemprego e cada vez menos direitos, o único modo eficaz de protesto dos cidadãos é a desobediência às instituições que perderam a sua já pouca credibilidade, o que já aconteceu em Espanha, ou então procurar prejudicar quem nos conduziu a esta crise e ainda continua a lucrar com isso – os bancos.

Quem se admira com a atitude de Cantona quando sugere que se sequem as contas nos bancos no próximo dia 7 de Dezembro? Medida eficaz se mais de 35% dos depósitos ficassem em nossas casas por uma semana. Os bancos não teriam liquidez para enfrentar o dia-a-dia e teriam que encerrar as portas durante esse tempo.

Ao contrário do que aconteceu com os controladores aéreos espanhóis, a sugestão de Cantona não tem nada de ilícito e pune apenas os bancos e os seus accionistas. Os governos tremeriam e pela 1ª vez teriam que considerar que os cidadãos também têm armas à mão para lutar contra quem os anda a prejudicar, favorecendo os que mais têm e que lucram mais ainda em tempos de crise.


««« - »»»
Foto - Florida
By Palaciano

««« - »»»
Humor e Wiki Fugas
Henrique Monteiro

Rodrigo

2 comentários:

Pata Negra disse...

Não temos gente para uma acção dessas. Por isso o melhor é nem pensar nela! Temos de fazer a revolução de porta a porta!
Um abraço na mesma linha

Anónimo disse...

Com tanto carneirinho que há por aí, tira o cavalinho da chuva!
Lol

AnarKa