quinta-feira, julho 01, 2010

TRETAS E SEGREDOS

À medida que as crises económicas aumentam de frequência e de gravidade, a democracia começa a ser amputada nas liberdades, nos direitos e em tudo o resto.

Estamos em crise, não numa verdadeiramente económica, mas sim numa crise de valores e de ética política. Não digo que não existam problemas financeiros e económicos, mas a maior crise está à vista, com ricos cada vez mais ricos e com cada vez mais pobres, muito pobres.

Para distrair o povinho, diz-se que os bancos vão fornecer dados ao fisco, relativos aos rendimentos pagos aos contribuintes e às retenções na fonte. Isto é de duvidosa legalidade, por muito que os membros do governo o desmintam.

Só para recordar alguns apoiantes desta medida, que até nem me afecta minimamente, porque é que não apoiam também que se justifique a origem do dinheiro investido nos bancos, caso ele não esteja de acordo com os montantes declarados ao fisco? É ilegal?

Esta cortina de fumo que pretende apanhar biscateiros e, dizem-me, alguns beneficiários de ajudas sociais, não pretende apanhar os grandes trafulhas e os que praticam crimes de colarinho branco, porque a esses o fisco não está autorizado a investigar, por causa do sigilo bancário e da inversão do ónus da prova.

Parem de gozar com a malta, porque já não se aguenta tanta mentira e tantos esquemas para espremer o povinho.

Leia AQUI

««« - »»»
Fotos e Vidro
Evgueni Strok

Evgueni Strok

««« - »»»
Humor e Actualidade
A bola por Omar Turcios

A crise por Michael Kountouris

3 comentários:

Zé Miguel Gomes disse...

que democracia?

Anónimo disse...

Saber de onde vem o guito? Alto aí que os figurões não querem dar cavaco à plebe invejosa.
Bjos da Sílvia

LopesCa disse...

Ui se começarem a cobrar o ar estamos mal :)