domingo, abril 14, 2013

JÁ SABIA…



Por definição um governante devia ser sempre um indivíduo comprometido com o bem público, e atento às necessidades e anseios dos compatriotas. Eu digo que é por definição, porque é o que se espera de quem mereceu a confiança dos eleitores.

A realidade tem demonstrado que existem muitos políticos que ambicionam o poder, não para servir mas para se servir. Há sinais e acções que demonstram a falta de respeito pelos que juraram servir e escutar.

Por cá temos um 1º ministro que diz: “em concreto essas medidas terão de ser vistas em pormenor com a troika, e depois, evidentemente, com os parceiros sociais”. Não sei se terá feito um juramento diferente do habitual, mas lá que é estranho, isso é!...



4 comentários:

São disse...

É o descaramento total: Passos atacou falsamente Sócrates por este comportamento e é ele agora que realmente o faz!!

Mas não admira: é um vendido , preocupado com a Trioka e não com Portugal!!

Bom domingo

Anónimo disse...

Marionete da troika que se está borrifando para o povo.
Bjos da Sílvia

maceta disse...

uma desilusão completa...
cumpts

MARIA disse...


Desde quando há politicos honestos em Portugal?
Se os há, estão mortos!
Na oposição, o discurso é igual em todos eles,mas no "poleiro" as práticas politicas são logo mudadas.
Que pena os narizinhos dos senhores politicos não crescerem como o do Pinóquio!!!