segunda-feira, setembro 19, 2011

DESPOJO


E, agora, o que faremos?
A quem legar o que resta
Do simulacro de festa
Que tivemos?


Quem aproveita os detritos
De uma alegria forçada?
Quem confunde aflitos gritos
Com imposta gargalhada?

Iremos por onde alguém
Descubra os nossos farrapos.
Vês flores no jardim de além?
- Vejo sapos.
 
António Manuel Couto Viana

««« - »»»
Foto - Cheiro a Outono

««« - »»»
Humor - O Rico

3 comentários:

Anónimo disse...

Eu não gosto de sapos e muito menos de os engolir.
Lol

AnarKa

Daniel Santos disse...

Muito bem.

elvira carvalho disse...

Não sei porquê, desde menina nunca simpatizei com sapos.
Um abraço