sábado, outubro 23, 2010

JUSTIÇA E EXEMPLO

Todos os dias ficamos a conhecer melhor os cortes decorrentes das propostas do Governo para o Orçamento de Estado de 2011, sendo que os portugueses já nem sabem bem se é um novo pacote de medidas avulsas, ou um orçamento à séria.

Atendendo a que há cortes que entram já em vigor, como os abonos de família e os preços e comparticipações nos medicamentos, talvez seja melhor optar pelo Pacote Orçamental com que nos estão a brindar o PS e o PSD, por acaso os mesmos que nos governam há dezenas de anos.

Os sacrifícios que nos são impostos demonstram que há os que são lixados e os que escapam a alguns dos cortes. Já ouvi dizer que os cortes aos que têm os maiores vencimentos e regalias ímpares, são apenas medidas simbólicas, com pouco impacto orçamental, por isso fazem-se excepções e para quem muito tem.

A última novidade é a dita impossibilidade de mexida nos vencimentos do Banco de Portugal, devido a instruções do BE. Tenham vergonha meus senhores, porque não é o Banco Europeu que lhes paga os vencimentos mas sim o nosso erário público. Já agora, o Banco de Portugal já lançou vários apelos para a contenção salarial em Portugal.

A Justiça não nos merece confiança, o Governo também não, a União Europeia defende os países ricos, e há cada vez menos vergonha por parte de quem nos exige sacrifícios, mas que arranja sempre um modo de ficar sempre de fora, dando péssimos exemplos.

««« - »»»
Fotografia - Flor
Just a Flower by Eero

««« - »»»
Humor do Brasil

4 comentários:

Kássia Kiss disse...

Sim, sim. Os "grandes" jogam ténis para se entreterem, os "pequenos" servem de bola...

tulipa disse...

AMIGO
cheguei a Portugal e vi tanta "porcaria" que deu-me logo vontade de reagir e fazer dezenas de posts sobre tudo o que acho uma vergonha; no entanto, pensando bem, eu vinha tão bem das minhas férias, para que me iria irritar com quem não merece...por isso te digo, desculpa, mas não comento nada sobre política.
Apenas posso dizer que "temos não o que merecemos...porque quem não votou neles não o merecia"...mas temos aquilo que 50% e tal por cento decidiu votando nesses ....!

Só ontem pude voltar a fazer um post, mas tive que fazer de uma forma como "NUNCA antes tinha feito"...
isso originou que eu não posso escolher o tipo de letra, justificar o texto,
escolher a cor da letra, enfim...
um sem número de diferenças que não me agradam, de todo.

Quem sabe, não será este o ponto de partida para eu "desistir" da blogosfera...

Peço desculpa a quem me visita, se a aparência do post não for a mais aceitável, mas...muito sinceramente, não consigo fazer melhor.

BOM DOMINGO.
Abraços outonais.

Anónimo disse...

Para os pequenos nunca estão previstas clausulas de protecção contra a pobreza. Os ricos defendem-se uns aos outros.
Bjos da Sílvia

Anónimo disse...

Os exemplos em Portugal são impostos aos mais pequeninos, porque os grandes são intocáveis como as vacas na India.
Lol

AnarKa