terça-feira, fevereiro 20, 2018

TURISMO CULTURAL E MILITAR



Muitos de nós fomos surpreendidos pela notícia da criação duma rede de turismo militar para o médio Tejo (ReTurMil), por parte do Ministério da Defesa. Este processo estará em fase de aprovação, e prevê-se que já no final do próximo ano a rede estará operacional a 70% a 80% das instalações abrangidas, entre as quais se encontra o Convento de Cristo (Tomar).

É muito curioso que tudo isto esteja a ser preparado sem o envolvimento do Ministério da Cultura, até porque parece que o Convento de Cristo está sob a sua alçada, mas mais estranho é o facto de ainda há pouco tempo se ter alegado que existem grandes faltas de pessoal na instituição militar, até para guardar paióis, e agora se estar a pensar em desviar militares para a actividade turística, e evidentemente para a segurança dos equipamentos militares durante as visitas dos grupos de visitantes.

Outra curiosidade prende-se com os 4 eixos temáticos sobre os quais vai assentar a ReTurMil: Templários, Descobrimentos, Invasões Francesas e Primeira Guerra Mundial. Com esta abrangência toda penso que quase todos os mosteiros, conventos, palácios, castelos e outros monumentos podem “encaixar” no conceito, quando ele ultrapassar esta zona piloto.



2 comentários:

Anónimo disse...

Sempre se vão justificar mais uns generais para comandar os guias, eheheh...
Lol
AnarKa

maceta disse...

será que o roteiro inclui Tancos?

cumpts