quinta-feira, setembro 29, 2016

NÃO HÁ NADA TÃO POUCO KRISTALINO

A Europa que nos prometeram não é certamente esta que ainda torna a vida mais difícil a quem está em dificuldades económicas, nem uma "união" em que quem manda é a Alemanha, directamente ou por interposta pessoa, ou pessoas.

Se esta Europa é uma grande mentira, a ONU também não vai por melhor caminho, e a candidatura da Kristalina Georgieva, com o beneplácito do senhor Junker, e o apoio evidente da senhora Merkel, nesta altura, mostra bem como funcionam estas organizações internacionais.

Tudo se resolve por trás do pano, nos bastidores, atendendo aos interesses dos mais poderosos. A Democracia sai muito maltratada com todas estas manobras...


2 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Completamente imoral.
Um abraço

O Puma disse...

Entretanto
Marcelo assumiu que há ricos por fatalidade
Abraço