quinta-feira, fevereiro 19, 2015

ENTENDAM-SE PORRA

Esta Europa é uma confusão de declarações sobre os mesmos assuntos, e é corrente ouvir-se um responsável político dizer uma coisa e depois ouvir um outro a dizer quase o seu contrário.

Schäuble disse ontem que os programas de ajustamento impostos aos países em dificuldades, funcionam, e que Portugal e a Irlanda são a melhor prova, já Juncker afirma sobre a troika "pecámos contra a dignidade de Portugal e da Grécia.

É óbvio que a Alemanha de Schäuble "ganhou" com a austeridade extrema imposta aos países intervencionados, já Juncker enquanto dirigente da União Europeia consegue descortinar que se foi longe demais nas imposições a países como Portugal e a Grécia. 

Nós que sofremos na pele os efeitos destas imposições não podemos deixar de concordar com Juncker e discordar frontalmente com o ministro alemão, que afinal só está a defender os interesses da Alemanha, borrifando-se para os impactos nas populações dos outros países.


1 comentário:

Anónimo disse...

Esse contabilista alemão e a sua patroa gorda deviam ter a cabeça a prémio...
Bjos da Sílvia