quinta-feira, setembro 22, 2011

BRINCAR COM COISAS SÉRIAS

Por cá temos o corte no subsídio de Natal, os aumentos dos transportes públicos, da electricidade e do gás ainda este ano e mais aumentos para o começo do ano, em quase tudo por via do aumento do IVA.

De cada vez que fazem um anúncio de aumentos do custo de vida, os senhores governantes atiram-nos à cara com a sua inevitabilidade devido ao acordo com a troika. Que eu saiba não assinei nenhum acordo com a dita, nem sou responsável pela má governação que temos tido ao longo dos últimos anos, nem sequer podem alegar que tenha votado nos governantes que tivemos, porque não votei neles.

O que é mais grave, é que caminhamos alegremente para o buraco, aceitando receitas que já demonstraram não ter bons resultados, como se pode constatar pelo exemplo da Grécia.

A Grécia está à beira de cair, é tudo uma questão de tempo, e o seu povo já não aguenta mais cortes, como se vai ver claramente nos próximos tempos. Dentro de pouco tempo veremos a Europa a ajudar os bancos que emprestaram dinheiro aos gregos e a deixarem a Grécia entregue à sua triste sorte. Nós podemos ser os seguintes…

««« - »»»
Foto - Mascote

««« - »»»
Humor no Feminino

6 comentários:

Pata Negra disse...

A palavra !crise! já cansa! Estamos na era do !inevitévael!
A palavra !trabalhador! é passado! Agora somos todos !colaboradores!
Um abraço inevitável

Isamar disse...

Subscrevo as tuas palavras. Tantos sacrifícios, todos os dias, mas a caminhada para o buraco, cada vez mais fundo, continua.
Se fosse jovem já teria abandonado este País e este Continente. A crise é mundial mas há países onde ainda se vai ganhando para viver.

Bem-hajas!

Beijinhos

zeparafuso disse...

Pois é! Não criamos nada disto. Uma coisa tenho a certeza...vamos ver-nos " gregos " para sustentar todos aqueles que criaram esta situação. Devia ser possivel trocar o lugar de todos os trabalhadores por 3 mandatos de deputado. Gostava de ver os ditos a terem de trabalhar 40 (quarenta) anos para conseguirem uma reforma, em alguns casos de 392€ e outros menos. Pois é! Ou pagamos ou tomamos uma atitude drástica. Anda toda a gente descontente...quando largarem fogo ao rastilho.....

São disse...

A Grécia é a prova irrefitável de que nunca existiu a chamada União Europeia!!

Tudo de bom

elvira carvalho disse...

Quando um homem cai ninguém lhe estende a mão para o levantar. Antes pelo contrário alguns sentem prazer em o pisarem para que não se levante.
A Eurpa dos fortes e os mercados europeus estão a fazer o mesmo aos países que caem, ou estão a caminho disso.
Um abraço

maceta disse...

sugam-nos até ao tutano e não há reacção...