domingo, julho 04, 2010

OS POLÍTICOS QUE TEMOS

O país desmorona-se, os cidadãos temem o desemprego galopante e os mais necessitados vêm diminuídas as prestações sociais que já nem sequer garantem a alimentação decente a quem delas depende. Enquanto isso, os nossos políticos discutem e abordam ninharias.

Imagine-se que uma comissão parlamentar pode sugerir que receber uma gravata, uma garrafa de vinho ou um cabaz de Natal pode ser considerado crime, no caso dos funcionários públicos. Não sei porque carga de água me recordei dumas férias num iate dum amigo, dum carrito utilitário tipo BMW, ou até duns robalos.

Mas o ridículo não se fica apenas sobre os presentes que os funcionários públicos não podem receber. Porque não falar de nutricionismo?

A senhora ministra da Saúde, preocupada com a crise que o país atravessa e com a saúde dos portugueses, recomenda “sopa em casa”. O apelo pungente da senhora ministra para que as famílias portuguesas substituam o “fast-food” por sopa, que segundo ela é mais barata, é verdadeiramente comovente.

Tenho pena que as ninharias ocupem a nossa classe política, que não consegue acabar ou pelo menos punir a corrupção, mas se entretém com amendoins. Também me preocupa que a senhora ministra da Saúde se confunda dizendo que uma sopa é mais barata que a “fast-food”, o que demonstra que não sabe quanto custam os ingredientes para uma boa sopa, que são obviamente mais caros do que um hamburger com batatas fritas.



««« - »»»
Fotos Coloridas
By Palaciano

By Palaciano

««« - »»»
Humor e Saúde
By Rodrigo
970

1 comentário:

Anónimo disse...

Já me tinha perguntado porque é que agora já não me oferecem calendários das firmas, como faziam todos os anos, mas agora percebi: isso pode configurar um crime de corrupção!
Vão gozar o c...
Lol

AnarKa