segunda-feira, julho 05, 2010

CONTRADIÇÕES

O assunto da portagem das SCUT não é só uma monumental trapalhada, como também mostra as contradições da política e dos políticos dos dois maiores partidos portugueses.

Começando pelo princípio temos o PS que foi o pai do conceito Sem Custos para o Utilizador, que agora, por imposição do mesmo partido, novamente no poder, deixa de ser sem custos para passar a se integralmente pagas por alguns utilizadores, bastante menos pelos utilizadores regulares, e com um complemento substancial de todos os que pagam impostos, mesmo que não sejam utilizadores. É esquisito, mas inteiramente verdadeiro.

O PSD, agora dirigido por um (mais do que) liberal assumido, defende o princípio do utilizador-pagador, em todas as SCUT, mas com uma discriminação positiva, que torna a portagem para os utilizadores frequentes mais barata do que para os restantes. Se isto não é precisamente o contrário do tal conceito do utilizador-pagador, macacos me mordam.

Estes dois partidos, que se digladiam na tentativa de mostrar diferenças, que nãos existem, entre eles, confundem SCUT com outras estradas que não foram financiadas do mesmo modo, e criam diferenciação entre moradores de uns concelhos em relação a outros, e de uma zona do país em relação a outras, para além de terem um conceito para as auto-estradas e outro para as SCUT e outras estradas também com portagens.

Para condimentar ainda mais esta salsada, porque é que não pagam mais os carros mais caros, os que beneficiam das vantagens em impostos do gasóleo, os carros mais modernos, e os mais potentes? Porque é que as portagens não têm em conta os rendimentos do dono da viatura?

Para se fazer discriminação positiva há afinal muitos outros critérios que podem ser considerados, e tão legítimos como os que têm sido abordados. Justiça de verdade, só existirá quando a intenção de introduzir portagens nestas estradas (SCUT e as outras), for abandonada, cumprindo-se assim o que nos foi prometido quando foram construídas.





««« - »»»
Wild Thing


««« - »»»
Wild Photo
Yuliya Goldina

5 comentários:

Anónimo disse...

Os automobilistas são mais uma vez vítimas do arrastão praticado pelos dois partidos que já nos lixam há dezenas de anos.
Continuem a votar neles...
Bjos da Sílvia

São disse...

Onde iremos nós parar? E ainda por cima continua-se a votar sempre nestes dois partidos!!

Boa semana.

Marreta disse...

Porque é que não se juntam os dois e formam o Partido Socialista Democrático? Poupava-se tinta na impressão dos boletins de voto.

Saudações do Marreta.

manuel gouveia disse...

"...o PS que foi o pai do conceito Sem Custos para o Utilizador, que agora, por imposição do mesmo partido, novamente no poder, deixa de ser sem custos para passar a se integralmente pagas por alguns utilizadores, bastante menos pelos utilizadores regulares, e com um complemento substancial de todos os que pagam impostos, mesmo que não sejam utilizadores. "

Afinal está tudo claro e dentro de uma irrepreensível coerência. O objectivo inicial das SCUTS já foi alcançado, agora temos de as pagar.

Anónimo disse...

Não écontradição nenhuma, é apenas um novo conceito de verdade que se aprende em cursos intensivos de inginharia civil(izada, mas precisamente na cadeira de mentira técnica, ministrada aos fins-de semana.
Lol

AnarKa