quinta-feira, março 18, 2010

DESEMPREGO E SOCIALISMO

Para quem ainda tinha dúvidas sobre quem perde com as medidas deste PEC, e quem fica a ganhar, basta ir lendo o que tem sido revelado nos últimos dias.

Os salários vão baixar, não só por via dos congelamentos que foram impostos aos funcionários públicos, mas também porque o patronato aproveitou essa mau exemplo, e porque o governo deu uma ajudinha com as novas medidas do subsídio de desemprego.

O desemprego vai aumentar nos tempos mais próximos, e a perda de poder de compra dos trabalhadores portugueses vai fazer diminuir o consumo, colocando em risco ainda mais empresas que não vão ver escoados os seus produtos.

O investimento que já é quase nulo vai ser ainda menor, porque a contracção dos mercados e a baixa do consumo assim o recomendam. O capital que ainda está no país vai virar-se para a especulação e mercado de capitais, porque as mais-valias vão continuar a não ser taxadas (por causa da crise), e nada disto é bom para o sector produtivo que é o que dá empregos.

Os patrões esfregam as mãos pela ajudinha na baixa dos salários, e os que colocaram dinheiro nos off-shores fugindo desse modo aos impostos também têm uma amnistia fiscal, bastando para tal pagar a módica quantia de 5%, medida que é um convite à lavagem de dinheiro obtido de modo ilícito.

Chegados a este estádio do “socialismo português”, pergunto-me onde pára o senhor presidente da República, e o candidato Manuel Alegre que ainda não se pronunciaram sobre este ataque aos rendimentos do trabalho e às conquistas sociais conseguidas depois do 25 de Abril.

««« - »»»
Música a Meu Gosto


««« - »»»
Humor - Verdade no Brasil e em Portugal


6 comentários:

Ferreira-Pinto disse...

Tenho para mim que meteram férias. Por motivos diferentes, mas foram a banhos!

Anónimo disse...

Se as medidas passam com os votos à direita do PS, aí está o xuxalismo à Trocas-te.
O poeta encostou-se ao chefe, o sovaco anda a curtir uma de raínha de Inglaterra e de ama dos netinhos.
Isto está a saque e é obrigatório correr com aquela malta toda.
Lol

AnarKa

Meg disse...

Guardião,

Pegando na tua pergunta... eles querem lá saber do pobre país, estão a tratar da "vidinha futura"

É a minha convicção. Senão, teriam uma palavra a dizer.

Um abraço cheio de desapontamento.

São disse...

mas alguém se importa com quem trabalha?! Só para (nos) esmifrar!

Bom final de semana.

Pata Negra disse...

Estamos tramados com eles?! Não! temos dos tramar!
Um abraço em face de emagrecimento mas com vontade de

Pata Negra disse...

Estamos tramados com eles?! Não! temos dos tramar!
Um abraço em face de emagrecimento mas com vontade de