sexta-feira, fevereiro 26, 2010

CURTAS DA CULTURA

Solidariedade e Cultura – A exposição “Obras de Referência dos Museu da Madeira”, em exibição na Galeria de Pintura do Rei D. Luís, no Palácio Nacional da Ajuda, vai ser prolongada até dia 6 de Abril, contribuindo as receitas de bilheteira a favor da Região Autónoma. Recorda-se que algumas das peças expostas vieram do Museu do Açúcar, que foi bastante abalado pelo recente temporal que abalou a Madeira.

Descoberto mais um Van Gogh – 35 anos depois de ser comprada, a pintura conhecida como “Le Blute Fin” foi finalmente reconhecida como sendo da autoria do pintor Van Gogh. Esta demora no reconhecimento deve-se a ser um “tema raro” mas que encaixa no que o pintor fazia em 1886, data da pintura.



««« - »»»
Pinturas de Van Gogh
“Le Blute Fin” (Reuters)

Cafe Terrace at Night

««« - »»»
Caricaturas da Música
Sebastian Cast

Sebastian Cast

5 comentários:

Anónimo disse...

Há por aí pintores com fartura, as suas obras é que não têm a qualidade do Van Gogh.
A aldrabice é um novo tipo de pintura e nestes dias temos assistido a um corropio de mentirosos, perdão, pintores, a obrarem sobre o caso da Face Oculta.
Lol

AnarKa

Ferreira-Pinto disse...

E o "felizardo" que o comprou, comprou a preço de saldo ou de Van Gogh?

O Guardião disse...

Caro Ferreira-Pinto
Pagou cerca de mil euros (a preços actuais), mas foi para um museu e o autor da compra, um director de um museu, acabou por morrer sem ver reconhecida a pintura.
Detalhes em: http://www.publico.pt/Cultura/descoberto-um-novo-quadro-de-van-gogh-o-primeiro-desde-1995_1424401
Cumps

São disse...

Gosto de Van Gogh.

Que o dinheiro enviado para a madeira seja bem empregue...

Bom fim de semana.

Rui Figueiredo Vieira disse...

Van Gogh? Muito bom gosto! Abraço