quarta-feira, fevereiro 13, 2013

QUE RAIO DE LEIS…


A imprensa fez eco da notícia segundo a qual, os consumidores finais podem ser punidos com coimas que podem chegar aos 2 mil euros se não pedirem factura numa qualquer transacção comercial.

Esta ideia, que até nem é nova, pode parecer acertada a alguns, mas padece de alguns problemas que não entraram na cabeça do legislador, talvez porque ele próprio não faça muitas compras, por ter alguém que as faça por ele.

Em primeiro lugar as facturas pedidas só encontram algum retorno em alguns serviços, que por acaso são prestados por pequenas empresas e pequenos empresários. É curioso que não existam benefícios fiscais em serviços prestados por grandes empresas, por profissionais liberais como advogados, médicos e engenheiros, ou até pela banca.

Finalizo dizendo o que a experiência já comprovou, que se recolhem mais impostos quando eles não vão além do que é suportado pelos cidadãos, e que com cidadãos com um grau de satisfação razoável, estas medidas de controlo fiscal são mais bem aceites.


3 comentários:

Jorge P.G disse...

Do jeito que as coisas vão, qualquer dia a mulher que vende castanhas n arua tem de passar recibo e nós guardá-lo!
O que é demais tem tendência levar à desobediência.

Cumps.

Metalurgia das letras disse...

As leis são feitas para o benefício de poucos em deterimento de muitos. Por cá há leis também, só não há o cumprimento das mesmas.

maceta disse...

foi a parte boa, em cheio e bem afinada... é um bom e sério aviso.

cumpts