sábado, dezembro 29, 2012

RESPONSABILIZAR EX-POLÍTICOS



Portugal é conhecido como um país de brandos costumes, o que não sendo inteiramente verdade, não deixa de ter alguma razão de ser.

Na realidade se nos debruçar-mos sobre o aspecto da Justiça, os brandos costumes são uma realidade para alguns, que invariavelmente são os mais poderosos.

Falando em brandos costumes, veja-se o que se passa com a infeliz novela BPN, onde vemos variados nomes de gente que já esteve ligada ao poder político do tempo do consulado de Cavaco Silva, que terão beneficiado de empréstimos desse banco, e que agora deixaram de cumprir as suas obrigações, deixando os calotes para serem pagos pelos nossos impostos.

Políticos e ex-políticos que desbarataram dinheiros públicos, fizeram negócios ruinosos que prejudicaram claramente o Estado, e os que usaram os seus poderes em benefício deles próprios e de outrem deviam poder ser responsabilizados criminalmente, o que não acontece.

Porque será que não se consegue que se faça Justiça com essa gente? Será que há muitos telhados de vidro na classe política?



2 comentários:

maceta disse...

esse partido que está no poder tem que ser refundado...


cumptso

Anónimo disse...

A impunidade garantida é o passaporte para toda a malandragem.
Bjos da Sílvia