quinta-feira, dezembro 27, 2012

CUIDADO COM AS APARÊNCIAS

Com a peripécia do consultor da ONU, que não o era, e com os doutoramentos que terá ostentado e que não devem ser verdadeiros, fica de novo posta em causa a validade de muitos títulos indevidamente referidos em vários currículos de muito boa gente.
Já tinham sido conhecidos títulos conseguidos indevidamente, e outros mais do que duvidosos, mas como eram de pessoas ligadas à política, ficou em algumas mentes a ideia de que se trataria de perseguição política, e de jogos de bastidores, mas na realidade há muito título por aí de origem mais do que duvidosa.

By Yuriy-Kosobukin

4 comentários:

elvira carvalho disse...

Somos um país de doutores. Uns porque estudaram para isso, outros porque tinham equivalências, e outros aindam porque as inventam.
Começo a sentir-me discriminada.
Um abraço e que 2013 não seja tão mau como aquilo que pensamos.

Anabela Jardim disse...

Passando para desejar um Feliz 2013!

São disse...

Só não entendo a razão porque Silva é tão criticado e talvez enfrente a Justiça e o "Dr" Miguel Relvas, que teve equivalências a disciplinas inexistentes, continua como ministro!

Mas isso deve ser porque tenho duas licenciaturas não-relvianas e, portanto, escassa compreensão para certas aberrações...

Lhe desejo e aos seus, um 2013 com saúde e paz!

maceta disse...

há por aí muito asno armado em alazão...