sábado, junho 02, 2018

AS MORADAS FALSAS E OUTRAS TRAPALHADAS


O caso das suspeitas de moradas falsas na escola que liderou o ranking nacional voltou a ser notícia e a Justiça parece já estar em campo para “castigar exemplarmente” quem tenha “aldrabado o sistema”, usando de artimanhas para conseguir matrículas para os filhos na escola que lhes parecia mais conveniente para um melhor aproveitamento.

Este caso está na berra e já existem medidas especiais para se evitarem estes comportamentos ilegais, por parte de pais que apenas desejam o melhor para os filhos.

Convém recordar que vários políticos mudam de residência quando são nomeados, e não para mais próximo do local onde prestam serviço à nação, e há mesmo quem dê uma morada onde, de facto, não residem, mas não consta que a Justiça tenha actuado exemplarmente, nem que tenha sido produzida qualquer instrução ou medida preventiva, para que estes actos não continuem a verificar-se.

Outra coisa vergonhosa a que estamos a assistir é que políticos, alguns com funções governativas, venham declarar desconhecer a lei, quando são apanhados em comportamentos incompatíveis com as funções que desempenham, o que não é admitido por parte de nenhum funcionário público, mesmo de modesta condição.

A Lei é igual para todos? A ver vamos, como soi dizer-se…



1 comentário:

Elvira Carvalho disse...

Quando lhes toca pela porta, a desculpa é sempre a mesma.
Um abraço e bom domingo