quinta-feira, fevereiro 08, 2018

MAFRA – SALA DOS ACTOS

Durante muitos anos conheci o grande edifício de Mafra pelo nome de Convento de Mafra, e fazia todo o sentido, uma vez que foi mais usado nessas funções do que como residência real, como se sabe.

Depois da saída definitiva dos frades em 1834, boa parte do monumento foi ocupada pelos militares, depois por diversas repartições públicas. O museu abriu em 1911, tendo o conjunto arquitectónico sido anteriormente decretado Monumento Nacional em 1907.


Infelizmente o que se visita actualmente é maioritariamente o espaço do antigo Paço Real, a que se junta a Basílica (que tem entrada grátis), a enfermaria dos frades e a Biblioteca, ficando de fora quase tudo o que fazia parte do Convento, onde se encontram algumas salas que a nível arquitectónico serão das mais importantes, entre as quais se encontra a Sala dos Actos Literários.

««« x »»»

1 comentário:

Elvira Carvalho disse...

Bom fim-de-semana.
Abraço