quinta-feira, janeiro 04, 2018

CURIOSIDADES



A propósito do Hospício de Beaune, e da sua enfermaria, de que falei recentemente, foi-me referido o nome de Nicolas Rolin, chanceler do ducado da Borgonha, que imediatamente se associa à construção do Hotel de deus em Beaune, ao museu Rolin em Autun, e ao quadro “A Madona e o Chanceler”, a óleo, uma novidade nessa época em que a técnica mais comum era a têmpera, pintado por Jan van Eyck.
 

Nicolas Rolin teve um papel importante no casamento de D. Isabel, filha de D. João I, com Filipe, o Bom, duque de Borgonha, que se realizou em 7 de Janeiro de 1430 em Écluse. O pintor Jan van Eyck foi incumbido por Filipe o Bom de visitar Portugal, onde pintou dois retratos de D. Isabel, antes do casamento do duque, retratos esses que se perderam.

Existe apenas um desenho a tinta-da-china sobre papel, do século XVII, cópia do retrato da Infanta.

Sem comentários: