sexta-feira, maio 05, 2017

A CARROÇA À FRENTE DOS BOIS

A Câmara de Lisboa “quer tirar autocarros de turistas das portas dos Jerónimos antes do Verão”, o que pode recolher o aplauso de muitos automobilistas, e de uns quantos intelectuais, mas é uma intenção que peca por não ser resultado duma reflexão séria sobre o problema.

Não se precipitem a julgar que eu sou contra a medida, só porque sim.

O turismo tem sido a galinha dos ovos de ouro da nossa economia nestes últimos anos, e mesmo com todos os inconvenientes que acarreta, e são muitos, não pode ser alvo de medidas precipitadas e sem sentido prático.

A edilidade lisboeta podia ter esta mesma atitude, se tivesse uma resposta preparada para acolher os tais autocarros, num parque relativamente próximo, reservado a estes veículos de turismo. Manuel Salgado tem sido um vereador que tem “comprado” polémicas desnecessárias por não gostar de dialogar com os agentes que são afectados pelas suas decisões, e este é apenas um dos exemplos, só que este tem consequências a nível económico que não são negligenciáveis.


Espero que em poucos dias a CML venha anunciar um parque onde estes autocarros possam estacionar, pois não me agrada nada ter razão neste caso.   

2.377

Sem comentários: