quinta-feira, julho 14, 2016

SALÁRIO E COMPETÊNCIA

A discussão sobre a justeza dos grandes salários auferidos pelos grandes gestores está sempre inquinada, porque o argumento da sua competência esbarra sempre na realidade dos salários praticados pelas empresas a todos os restantes trabalhadores.

É sabido que uma boa gestão e uma liderança competente de equipas é essencial para alcançar bons resultados, mas a competência de todos é o factor primeiro para que tudo funcione.

O grande problema nesta discussão é o existirem grandes empresas onde os salários rondam os mínimos em quase todos os grupos profissionais representados, e onde os salários dos gestores de topo ascendem a muitos milhares de euros, como se as competências deles fossem o único factor responsável pelo sucesso das empresas.


A teoria de que quando se alcança o sucesso o grande responsável é o chefe, e de que quando se falham objectivos as culpas são dos trabalhadores, dos mercados e da conjuntura, é uma grande treta, e é defendida apenas por quem beneficia com isso.


Sem comentários: