terça-feira, julho 05, 2016

RECURSOS HUMANOS DOS MUSEUS

Li há pouco uma notícia dizendo que “25% dos agentes vão deixar a PSP nos próximos cinco anos”, e a razão era o nível médio de idades dos agentes, que é muito elevado. Nos museus do Estado a situação é ainda mais grave, pelo mesmo motivo e por outros que nunca vêm a público.

Durante cerca de duas décadas as entradas de pessoal para os quadros dos museus, e refiro-me ao pessoal que garante o seu funcionamento diário e o restauro e manutenção das colecções e do edifício, estiveram congeladas, e foi-se recorrendo a contratos das mais variadas naturezas, e a desempregados para manter os serviços em funcionamento.

O envelhecimento do pessoal do quadro foi uma consequência das más políticas de recursos humanos. Os problemas não se resumem apenas à idade, mas também aos baixos salários, que em média estão nos 750 euros, e nos horários que incluem o trabalho aos sábados e domingos sem qualquer remuneração de trabalho extra nestes dias, ao contrário do que se passa com todas as outras categorias com horários diferenciados.

A situação actual é péssima e desmotivante para estes profissionais, mas vai piorar dentro de pouco tempo, porque com os concursos internos para absorver o pessoal na requalificação, vão entrar novos elementos, que poderão auferir logo à partida salários superiores (850 euros) aos dos funcionários que lhes vão ensinar o ofício e que têm carreiras de mais de 20 ou 30 anos, o que é caricato.


Ministério da Cultura e sindicatos estão muito distraídos, mas a insatisfação dos funcionários é imensa, e os novos elementos, diz-nos a experiência, não vão aquecer o lugar, e depois de adquirirem a categoria, que muitos não tinham, vão rumar a outros serviços também com necessidades de pessoal, e com horários de segunda a sexta, e sem obrigatoriedade de trabalho aos feriados.

Branca by Palaciano

1 comentário:

Anónimo disse...

É estranho trabalhar aos sábados e domingos a singelo, e creio que não existe paralelo na fp. Eles que se mexam, porra!
Bjo da Sílvia