segunda-feira, abril 11, 2016

TEMOS NOVO MINISTRO DA CULTURA



Depois de mais um episódio lamentável, lá veio o pedido de demissão de João Soares, que era inevitável e exigido por muitas pessoas, ficando o cargo de ministro da Cultura vago. António Costa não terá perdido tempo e surgiu com um nome inesperado, que terá surpreendido quase todos.

Não conheço o embaixador e poeta que dá pelo nome de Luís Filipe Castro Mendes, nem isso é importante neste momento, porque a Cultura não precisa de protagonismos, mas sim de quem queira trabalhar.

Ficamos a aguardar pelos objectivos do novo ministro, pelas medidas que venha a anunciar para o curto prazo e para as metas que venha a enunciar para o futuro a médio e longo prazo. É cedo para me pronunciar, mas sei bem o que espero para a área do Património, que é o que conheço melhor.


Tarde de Primavera by Palaciano*

2 comentários:

Elvira Carvalho disse...

O tempo dirá se é boa escolha.
Um abraço e uma boa semana

O Puma disse...

A cultura passou a ministério
mas com menos orçamento