domingo, abril 03, 2016

O FMI



O FMI veio agora ameaçar Portugal dizendo poder vir a rever em baixa o crescimento potencial de Portugal porque estamos a reverter as políticas provisórias adoptadas pelo governo de Passos Coelho, em particular as medidas de flexibilização do mercado de trabalho.

É simplesmente elucidativo que não diga uma única palavra sobre o estado da banca nacional, que tem contribuído para o défice, mais do que qualquer outro sector da economia. Aliás os casos do Banif e do BES passam ao largo das análises do BCE, da União Europeia e do FMI, onde todos falharam as previsões e onde todos têm responsabilidades.



2 comentários:

Anónimo disse...

Os bancos são sagrados para essa escumalha
Lol

AnarKa

O Puma disse...

A canalha anda à solta