sexta-feira, julho 31, 2015

A EUROPA HIPÓCRITA

A Europa que outrora se caracterizou pela tolerância, pela Democracia e pela defesa dos direitos humanos, tornou-se num conjunto de países onde imperam os egoísmos, onde cada um olha para o seu umbigo, e onde as preocupações sociais foram submetidas à ditadura da economia e das finanças.

Quando consideramos um marco histórico o desmantelamento do muro que dividia as duas Alemanhas, que durou de 1951 a 1989, estamos a esquecer-nos de outros muros que entretanto começam a ser erguidos, para já na Hungria e também outro à entrada do Túnel da Mancha.

A Europa que não quer ser solidária com os seus, como se viu no caso português, no irlandês e no grego, muito menos o será com outros povos que atravessam crises ainda maiores, e que procuram fugir à guerra e à miséria dos países de origem.


Sei que este não é um tema fácil nem pacífico, mas que a solução não passa pela criação de muros, isso já a História se encarregou de demonstrar. 


1 comentário:

Anónimo disse...

Uma historia de crianças

https://www.youtube.com/watch?v=G99Xyj-EVvo