segunda-feira, abril 27, 2015

O PS EMBARCA NA ASNEIRA

Os funcionários públicos têm sido os bombos da festa, sendo sempre atingidos por medidas que visam colmatar os erros feitos pelos diversos governos destes últimos 20 anos, ou mais.

Podia falar-se dos anos de congelamento salarial, dos cortes dos subsídios, da impossibilidade de progressões nas carreiras, mas também da alteração das regras das pensões de reforma, sendo todas estas medidas absolutamente discriminatórias e injustas, porque existe uma clara quebra dos compromissos do Estado para com os seus trabalhadores.

A fronteira entre o pensamento do PS, do PSD e do CDS é tão ténue nestas matérias que se confundem. Os especialistas chamados pelo PS para projectar o cenário macroeconómico para os próximos anos, vêm insistir na convergência da Caixa Geral de Aposentações com a Segurança Social, não para quem entra de novo na Função Pública, mas também para quem já tem 30 e mais anos de serviço, como se os compromissos não valessem nada.

Quem ainda acreditava que o PS podia trazer algo de novo para a governação do país, bem pode tirar o cavalinho da chuva, pois não só está iludido, como também tem memória curta.


Nota: O ataque à Segurança Social nos projectos do PSD/CDS e no do PS é uma realidade preocupante que explica o ataque às pensões, tanto do sector público como do privado.


7 comentários:

Anónimo disse...

O PS se quiser ter a maioria absoluta tem de mexer pelo menos nas leis de trabalho como por exemplo na lei dos despedimentos porque não valeu a pena reduzir as regalias aos trabalhadores pois os patrões utilizaram essas regalias que lhes favorece o enriquecimento fácil e não para arranjar novos postos de trabalho pois fecham empresas com falências fraudulentas e abrem logo ao lado com outro nome e deixa os trabalhadores sem dinheiro e sem trabalho e nada ajuda a diminuir o desemprego pelo contrario há mais empresas a fechar mais desempregados e os empresários cada vez mais ricos que por sua vez aplicam os grandes lucros em paraísos fiscais fora do País fugindo assim ao fisco !

São disse...

Esta atitude do PS só vem confirmar a análise de Chomsky em "Mudar o Mundo": os partidos socialistas não t~em diferença já, infelizmente para nós.

A luta de classes faz-se agora de outra maneira e as pessoas andam cegas com telenovelas e futebol !!

Boa semana

Anónimo disse...

PS e PSD são siameses, ainda se vão coligar se Merkel falar grosso...
Lol

AnarKa

O Puma disse...

A trilogia do costume

Anónimo disse...

E mais não digo


https://www.youtube.com/watch?v=4t0M266A3T8

Kruzes Kanhoto disse...

Combater a economia paralela que representará cerca de 20% do PIB é que ninguém quer...

Maria disse...

PS-PSD-CDS três partidos, um regime..!