sábado, abril 11, 2015

IMPRENSA TENDENCIOSA

Com a visita do primeiro-ministro francês, Manuel Valls, que aconteceu durante esta semana, apareceram diversos títulos jornalísticos, quase todos favoráveis às posições assumidas pelo governo português, dando a sensação que existe sintonia entre as posições políticas e económicas dos dois governos.

Para separar as águas basta dizer que o governo francês assumiu há muito que o défice orçamental da França será superior a 3% do PIB, pelo menos até 2017, o que nem sequer foi mencionado pela nossa imprensa.

A propósito das declarações de Valls, saliente-se o pouco relevo que tiveram as suas declarações de que “França não levou a cabo nenhuma política de austeridade, nem reduziu os salários dos funcionários públicos” ou que “não aceitarei nenhuma medida orçamental que venha quebrar o crescimento”.


O claro alinhamento com o poder, por parte de muita imprensa nacional, não é alheio à detenção das empresas de comunicação social por parte de grandes interesses económicos. A independência jornalística é cada vez mais rara…


3 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Independência? Qual? Onde?
Um abraço e bom fim de semana

São disse...

Jornalismo (a) sério em Portugal?!

Morreu há muito tempo....

Bom fim de semana

Anónimo disse...

Se votou neste governo ,não veja este vídeo !!!


https://www.youtube.com/watch?v=1ncbY3rSW1U