terça-feira, março 17, 2015

CIDADANIA



É frequente ouvir da boca de muitos cidadãos que o governo em funções não presta, que não sabe o que anda a fazer, ou que apenas defende os interesses de uns quantos prejudicando os restantes.

Por norma, quase metade dos que refilam em privado, ou em conversas de café, são os mesmos que não votam, argumentando que não vale a pena ou que se estão lixando para a política. Também é verdade que grande parte dos que abdicam do seu direito de votar, também se recusam a integrar manifestações de protesto, ou a fazer uma greve.

Se os cidadãos querem ser consequentes, quando reclamam das acções dos eleitos, então também têm que exercer os seus direitos, fazendo ouvir a sua voz e manifestando nas urnas o que pensam que seria melhor para eles e para o país.

Pensamento:

“O mundo não está ameaçado pelas pessoas más, e sim por aquelas que permitem a maldade.”

Albert Einstein



1 comentário:

Anónimo disse...

Ainda acham que vivemos numa Democracia?
Lol

AnarKa