segunda-feira, fevereiro 09, 2015

A DEPENDÊNCIA ALIMENTAR



Os agricultores portugueses estão a virar-se cada vez mais para a exportação dos seus produtos, que são de elevada qualidade, mas o mercado nacional continua inundado de produtos de qualidade inferior vindos do estrangeiro.

A situação actual parece estranha mas na verdade é bastante fácil de explicar. Muitos países têm excesso de produção que necessitam de vender a qualquer preço, e Portugal é um destino excelente para esses produtos, porque com um baixo poder de compra e habituados a consumir legumes e frutas em quantidade, os portugueses compram aquilo a que podem aceder, apesar da baixa qualidade.

Os produtores nacionais não podem competir com o dumping que existe, pelo menos no preço dentro de fronteiras, por isso a sua única solução é a exportação, onde podem conseguir bom retorno económico, competindo pela qualidade.

No final disto tudo temos esta situação: os portugueses porque têm baixos salários e pensões, comem alimentos de baixa qualidade, ainda que os produtores nacionais produzam artigos de boa qualidade, que têm que ser exportados por não serem competitivos cá dentro.



2 comentários:

Gilberto Fernandes Teixeira Teixeira disse...

Há de se comer as cascas e de se venderem as bananas...

Elvira Carvalho disse...

Por isso há dias comprei pêra rocha para o meu marido, porque é da fruta que mais gosta, e ele disse que não prestava para nada e que só era pêra rocha de aparência.
Um abraço