terça-feira, novembro 18, 2014

QUE DIFERENÇA



A maior fraude financeira de Wall Street foi revelada em 2008, e o seu autor, Bernard Madoff, foi condenado em 2009 condenado, por mais de uma dezena de crimes, entre os quais fraude, lavagem de dinheiro e perjúrio, a mais de 150 anos de prisão.

Por cá tivemos o caso BPN que, na nossa dimensão, poderá ser considerado tão grave como o de Madoff, e ainda não há condenações finais, apesar de se tratar dum caso igualmente de 2008, e não se recuperou dinheiro nenhum, ao contrário do que aconteceu lá pelos States

Já está aí o caso BES, e igualmente vemos muitas suspeitas, muitas perdas, mas já quase todos esperam que seja apenas muito barulho, para nada.

Não sou um admirador da política seguida nos EUA nem tão pouco da sua Justiça, contudo, no que concerne a escândalos desta natureza, eles reagem bem mais depressa e as condenações também surgem com maior celeridade.



4 comentários:

Anónimo disse...

Os Madoff's cá do burgo correm muito menos riscos de ser engavetados do que o americano
Bjo da Sílvia

Mar Arável disse...

A canalha anda à solta

Maria disse...

Este jardim à beira mar plantado é um paraíso para os ladrões!

Anónimo disse...

E o malandro era o Tio António !!!