domingo, setembro 14, 2014

SEGUREM-SE QUE VEM BORRASCA



Não percebo nada de economia nem de banca, como a grande maioria dos portugueses, mas apercebo-me de quando se aproxima uma tempestade.

O caso BES tem sido tratado como se já estivesse esquecido o caso do BPN, que todos estamos já a pagar. O tão exaltado Banco de Portugal deixou arrastar a situação de tal modo que nos últimos dias todos os grandes conseguiram safar o seu dinheirinho, deixando para trás apenas o lixo tóxico.

Os grandes responsáveis da anterior (má) gestão do BES não viram os seus bens serem congelados, de modo a acautelar-se aquilo que viesse a ser considerado como gestão danosa, o que aliás, mesmo passado todo este tempo ainda não aconteceu.

O governo fingindo estar por fora de todo este embrulho, remetendo as responsabilidades para o Banco de Portugal, não se eximiu de fazer umas quantas nomeações para o BdP, e também permitindo irem para a administração do Novo Banco gente com ligação ao executivo, e com ligações ao próprio BES.

Por outro lado o governo anunciou intenções de alienação rápida do banco, sem se perceber bem como nem por quanto, o que nos deixa a todos preocupados com o sistema bancário nacional e com os prejuízos que já se adivinham.

A demissão apresentada pela nova gestão não prenuncia nada de bom e mostra que este assunto anda a ser tratado… com os pés.


2 comentários:

Anónimo disse...

O governo está enterrado neste buraco que é o BES, por mais que o tente negar
Bjos da Sílvia

maceta disse...

o láparo bem quer passar despercebido, mas ainda é no reinado dele que a bronca estoira mesmo.

cumpts