quinta-feira, maio 08, 2014

PASSOS E PORTAS MONÁRQUICOS?

Os detentores do poder desde sempre se sentiram atraídos pelo luxo e pelos símbolos mais marcantes do poder desde tempos imemoriais.

Não é por mero acaso que as residências oficiais das mais altas figuras do Estado estão situadas em palácios, por onde já passaram algumas cabeças coroadas.

Vem isto a propósito de um Conselho de ministros alargado, hoje, no Palácio Nacional da Ajuda.


Esperam os portugueses que não se fale mais em saídas limpas, ou em campanhas eleitorais limpas, porque depois de 3 anos sempre a bater no ceguinho, tudo cheira muito mal e mostra-se muito pouco higiénico.


1 comentário:

Elvira Carvalho disse...

Que saída?
Então eles não vão cá estar de seis em seis meses, até 2036? Ou fui eu que sonhei com isso?
Um abraço