terça-feira, abril 29, 2014

MANOBRAS POLÍTICAS

Este governo usa e abusa do estratagema de apresentar uma medida absurda, que todos se apressam a discutir, para de seguida desistir dela, apresentando depois outra que era a que verdadeiramente pretendia fazer vingar.

Caiu a intenção de aproximar as indemnizações dos despedimentos ilegais às dos despedimentos legais, que todos sabiam ser inconstitucional, e logo apareceu a intenção de prolongar os cortes nas horas extraordinárias, pelo menos até ao final do ano, quando esta excepção validada pelo Tribunal Constitucional só era válida até Agosto deste ano.


Useiro e vezeiro nestas manobras políticas, o governo já não engana os mais esclarecidos, mas creio que é um hábito que já está enraizado no ADN da maioria. 


1 comentário:

Anónimo disse...

Que os portugueses pensem antes de votar, porque têm andado de olhos vendados.
Lol

AnarKa