sexta-feira, fevereiro 28, 2014

TRAMPOLINEIROS

Nos últimos anos temos visto alguns dos políticos que passaram pelo poder passarem para altos cargos em empresas que foram privatizadas, em empresas que têm posições dominantes no mercado, em empresas que fazem grandes negócios com o Estado, e até em instituições internacionais que têm “forçado” alguma da austeridade que nos foi imposta.

Há quem diga que é pela competência que se alcançam aquelas posições, mas também há quem diga que lugares daquela natureza se conseguem com alguns favores ou com obediência cega ao futuro patrão.

Vítor Gaspar é o último exemplo do que foi dito, e se todos se lembram ele também é dos que não gosta de ser chamado político, mesmo tendo passado pelas Finanças, onde foi o bom aluno da troika apesar da sua relutância em o aceitar.


É um facto que não se pode negar, que os políticos que passam pelo governo conseguem alcandorar-se a cargos muitobem remunerados, e que está por provar que seja exclusivamente pela sua competência, porque esta não transparece do seu desempenho em cargos governativos.


2 comentários:

Anónimo disse...

Barroso Gaspar e Cia são mais do que oportunistas, são uns vendidos que não tiveram vergonha nenhuma ao aldrabar um país...
Bjos da Sílvia

Maria disse...


Estes senhores não têm tachos, mas sim panelas de pressão!