sábado, fevereiro 22, 2014

SONHO

Teria passado a vida 
atormentado e sozinho 
se os sonhos me não viessem 
mostrar qual é o caminho 

umas vezes são de noite 
outras em pleno de sol 
com relâmpagos saltados 
ou vagar de caracol 

quem os manda não sei eu 
se o nada que é tudo à vida 
ou se eu os finjo a mim mesmo 
para ser sem que decida. 


Agostinho da Silva


2 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Resta-nos o sonho para nos livrar do pesadelo da vida.
Um abraço e bom domingo

Anónimo disse...

Que seria do homem se não pudesse sonhar?
Bjos da Sílvia