terça-feira, dezembro 10, 2013

NÚMEROS E PROPAGANDA



Os números das previsões e das estatísticas podem sempre ter leituras múltiplas, e os nossos políticos já demonstraram ser exímios a fazer propaganda com números de previsões ao invés de se cingirem à realidade.

Os portugueses estão completamente nas lonas, pelo menos a grande maioria, e mesmo assim há uns quantos iluminados, ou deslumbrados, que vêem virtualidades onde elas não existem, e paraísos quando todos se sentem à beira do inferno.

Hoje foi a vez de ouvir uns quantos cantarem hossanas baseados em previsões do Banco de Portugal. Num dos títulos lia-se que a “Economia cresce 0,8% em 2014 e acima de 1% em 2015”, e logo mais abaixo está um gráfico que mostra que se prevê que a economia venha a descer 1,5% este ano.

Outro título dizia que o “consumo das famílias e investimento voltam a terreno positivo em 2014”, e o gráfico anexo diz que a previsão para este ano é de descida de 2% do PIB. Com o investimento é o mesmo, com o título a dizer que o “investimento acelera em 2014”, com um gráfico a mostrar que a previsão para 2013 é de descida de 8,4%.

Com o que se conhece do Orçamento de Estado para 2014, o que é que se pode dizer de quem faz previsões destas?    



2 comentários:

MARIA disse...


As previsões são feitas consoante o tipo de droga que tomam. Só pode....

Anónimo disse...

Confirmei que o Palaciano fez o post anterior, e este, Zé, é teu...
Bjos da Sílvia