quarta-feira, agosto 07, 2013

EQUIDADE



É caricato ouvir o governo a falar de equidade e depois ver o que decreta e faz no exercício do poder. Mentir ou falar à verdade, como alguns preferem, é apenas uma característica de quem nos vai desgovernando.

Saber de deputados que acumulam o seu vencimento e função com a actividade privada é mais um detalhe sem importância. Reforma mais um salário de deputado também é trivial. Um eleito que reúne duas reformas públicas e um cargo político também cá temos.

O governo decidiu agora cortar nas pensões, até nas de invalidez e viuvez, mas à cautela, na convergência dos sistemas público e privado de pensões, os juízes, militares na reserva e magistrados escapam aos cortes.

Quando me falam de equidade penso sempre que alguém nos anda a fazer de burros, e fico indignado com a falta de vergonha dessa malandragem.



2 comentários:

MARIA disse...


EQUIDADE?
É vergonhoso!Nem sei o que possa dizer mais...

Jose Leite disse...

Equidade? foi de férias para as Caraíbas... não regressa tão cedo...