quarta-feira, junho 05, 2013

SERÁ DELÍRIO?



O ministro Santos Pereira, mais conhecido como Álvaro, tem sido uma fonte de anedotas políticas, não só por culpa do colega das Finanças que o vem abafando, mas sobretudo pelas suas afirmações.

Estava eu a ler os títulos de um jornal e deparo com esta pérola: Santos Pereira quer combater desemprego com “Estado amigo”. Não sei em que país vive o senhor ministro, nem a que governo ele julga pertencer, mas o título é no mínimo risível.

Talvez seja útil algum amigo do Álvaro, dar-se ao trabalho de o informar do facto de ser o seu governo o maior impulsionador do desemprego no país, pois já mandou para o desemprego alguns milhares de professores, preparando-se agora para mandar para o desemprego uns 30.000 funcionários públicos, naquele que será o maior despedimento colectivo alguma vez feito em Portugal.

Quanto à burocracia, também é uma boa ocasião para o informar que ela é causada pelas altas chefias, na sua maioria nomeadas pelos governantes, que por coincidência estão imunes ao tal despedimento colectivo que está na calha.

O ministro Álvaro continua a ser um patusco, e só não dou umas gargalhadas porque a situação do país não mo permite.



3 comentários:

elvira carvalho disse...

É amigo estes senhores estão todos marados. Deve ser dos vapores do poleiro.
Um abraço

Pata Negra disse...

Continuo a não perceber como é que ainda se dá crédito a esta gente:
" o nosso maior problema é o desemprego!... temos de mandar 50000 funcionários públicos para o desemprego!...
Será que ainda existe povo que não vê a contradição?!
Um abraço na rua mas com direito a emprego

MARIA disse...


Qual deles, o melhor? Venha o diabo e escolha!

Este governo é uma ninhada de ratazanas...