segunda-feira, maio 20, 2013

BEBEDEIRAS DE AZUL



Confesso não ter qualquer paixão clubista, e não ser um amante do futebol, mas como todos os portugueses vou ouvindo e lendo o que se diz e escreve sobre a matéria, ainda que me fique sobretudo pelos títulos.

Sei que o Futebol Clube do Porto se sagrou campeão, e que comemorou como é hábito nestas ocasiões, e isso no meu caso é informação suficiente.

O excesso de informação veio da parte do deputado da nação, Carlos Abreu Amorim, que decidiu escrever no Twitter uma enormidade concordante com a sua corpulência, mas discordante com o cargo de deputado da nação.

Era escusado ter escrito “Magrebinos: curvem-se perante a glória do grande dragão!”, porque aqueles a quem ele chama de “magrebinos”, também lhe pagam o salário de deputado. A afirmação é insultuosa, mesmo no campo do direito, e é indigna de um eleito.

Não sei qual o estado do deputado quando escreveu o insulto a quem não é adepto do FCP, mas temo que a continuar a regular-se pelo mesmo diapasão, venha dentro de poucos dias pedir a independência do município do Porto, e também do de Gaia pelo qual é candidato autárquico.

Carlos Abreu Amorim não me conseguiu ofender, a mim que sou um português nascido em África, com muito orgulho de ambas as condições. 



3 comentários:

O Puma disse...

É apenas um Abreu

só não consegue influenciar
a demissão do Gaspar

Um tartufo

maceta disse...

o homem é grande e largo...até na javardice.

cumpts

Anónimo disse...

Esse alarve devia estar com os copos para escrever tamanho disparate.
Bjos da Sílvia