domingo, novembro 04, 2012

ERRO DA RECEITA




É público e notório que o aumento generalizado dos impostos em 2011 e 2012 conduziu a uma diminuição clara da sua colecta, que nenhum modelo utilizado pelo governo e pela troika conseguiu prever.

Não sendo novidade para quem conhece bem a nossa sociedade, parece que quem rege os destinos da nação a nível político e económico foi surpreendido pelos resultados. O razoável seria que a lição tivesse sido apreendida pelos responsáveis mas não é isso que está à vista, porque teimosamente insistem no erro na elaboração do Orçamento de Estado para 2013.

Vendo que o único imposto que realmente subiu foi o IRS, a receita apenas foi alterada com o aumento ainda maior deste imposto, desprezando o facto de haver cada vez mais desemprego e de também no IRS poder vir a aumentar uma fuga aos impostos, como aliás aconteceu com os restantes.

Governo e troika estão empenhados em sufocar ainda mais a economia cortando não só nos rendimentos do trabalho, mas também nas funções sociais do Estado, o que torna o que já era muito difícil numa tarefa impossível. A partir de um certo ponto de sacrifícios perdem-se duma assentada a esperança e a vontade de contribuir dum modo construtivo para o bem comum.

Independentemente das considerações já feitas e repetidas, o que ainda está sem resposta é a razão porque esta gente continua com a sua (má) estratégia, contra a vontade e contra os interesses dos cidadãos, que obviamente já deixaram de acreditar nesta infeliz receita.



««« - »»»
Humor e Economia
Crise na Europa 

Espremer

2 comentários:

Anónimo disse...

ja nao se trata de teimosia, mas sim de burrice.
Lol

AnarKa

maceta disse...

não é só incompetência nem infantilidade, mas tem uma ideologia perversa entranhada...só há uma solução: eliminar estas ervas daninhas...