terça-feira, novembro 27, 2012

A VACA E O BURRO



O Adriano é o empregado do café da esquina, onde eu paro muitas vezes depois do almoço. Ele é um rapaz na casa dos 60 anos que sempre esteve ligado à restauração, tendo sido até dono de um pequeno café que vendeu depois da morte da companheira.

Na mesa comentavam-se as notícias do dia e o Juvenal lembrou aquela do Papa que veio dizer que Jesus não nasceu no dia de Natal, e que quando nasceu, o menino não estava ladeado por uma vaca e por um burro, para além dos ilustres pais.

A discussão religiosa fez-se ouvir, outros diziam que lhes era indiferente, mas o Adriano rematou:

- Estou admirado que o Papa, sendo alemão, não tenha reparado na Merkel e no Passos Coelho.

Depois dum silêncio de dois ou três segundos, as gargalhadas irromperam no café. É que o Adriano não é homem de muitas falas, mas quando fala é invariavelmente divertido.


3 comentários:

São disse...

O Vaticano anda cada vez mais desnorteado e eu só pasmo como há gente que ainda lhe liga e o segue!!

Abraço

O Puma disse...

Pior que o presépio

sem burro nem vaca

é o orçamento
de saque

Anónimo disse...

Afinal a vaca e o burro estavam lá, eheheh
Bjos da Sílvia