sexta-feira, outubro 12, 2012

RECEITA PARA A DESGRAÇA



A Grécia foi a primeira a experimentar a receita da austeridade extrema, e o falhanço das medidas foi desvalorizado pelo facto de serem pouco cumpridores das medidas de austeridade. O caso da Irlanda foi um pouco diferente porque se recusaram a aplicar algumas das medidas preconizadas pela troika.

Portugal apresentou-se com a corda na garganta e foi obrigado a aceitar o que lhe foi imposto. Como se isso fosse ainda pouco, logo apareceu um executivo que se afirmou como bom aluno, não discutindo nenhuma imposição, que até veio anunciar que queria ir para além do que lhe tinha sido exigido.

Agora estamos confrontados com uma classe dirigente que se recusou sempre a pedir um alargamento do prazo ou mais ajuda, que agora parece disposto a aceitar, mas que apesar de tudo força a austeridade para além do necessário como se o alargamento do prazo não existisse.

O FMI já veio alertar para o exagero da austeridade, o que cá dentro tem sido dito por quase toda a gente com dois dedos de testa, mas Passos Coelho e Vítor Gaspar teimam na receita da suprema austeridade. Como podem estes senhores aspirar a um crescimento da economia, ou a um decréscimo da taxa de desemprego se insistem num brutal aumento de impostos, o que significa objectivamente a uma maior contracção do consumo, a uma diminuição do emprego e a uma diminuição do PIB?

O doente não morre da doença mas arrisca-se a morrer da cura, caso este Orçamento de Estado venha a ser aprovado e implementado.

««« - »»»
Humor - A Queda da Máscara

4 comentários:

Anónimo disse...

Com o fantasma lentinho e com o coelho roedor a coisa não vai para a frente, mas vai de certeza para o fundo.
Bjos da Sílvia

Metalurgia das letras disse...

Eles querem defender a honra segurando as calças embora já perderam os cintos...

Anónimo disse...

Nem com o exemplo da Grécia estes garotos aprendem...
Lol

AnarKa

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção